fbpx

Atrasos dos comboios podem dar direito a indemnização

Foi logo no início deste mês que as novas regras relativas ao transporte ferroviário de passageiros na União Europeia entraram em vigor, após terem sido publicadas a 31 de dezembro.

Com esta liberalização total do setor, os passageiros passam a ter mais direitos. Desta forma, se o atraso de um comboio for de 60 a 119 minutos, os clientes terão direito a uma indemnização de 25% do valor total do bilhete. A novidade foi originalmente divulgada pelo Jornal de Negócios.

Em todo o caso, as operadoras podem tentar evitar esse reembolso aos seus passageiros. Basta que informem, com uma antecedência mínima de cinco dias, “através de meios adequados”, que irá existir uma supressão temporária dos serviços.

Resta saber se, de facto, as novas regras vão mesmo ser aplicadas.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,795FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
631SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Festivais. Vai ser possível pedir reembolso, mas somente em 2022

Depois de sabermos que os bilhetes atuais valerão um vale de igual valor ao preço pago, há agora boas e más notícias para quem pretendia um reembolso.

CP repõe oferta de comboios Urbanos, Regionais e Interregionais

Os Alfa Pendular e Intercidades, porém, mantêm-se com redução de oferta.

Sabiam que podem provar seis Super Bock Mini Stout sem gastar um cêntimo?

Bom, têm sempre de efetuar a compra em primeiro lugar. Mas o valor é depois reembolsado na íntegra.
- Publicidade -

Mais Recentes