Confirma-se: Apple Music vai ganhar formato Lossless Audio sem custos adicionais

A nova opção fica disponível para os subscritores do serviço já no próximo mês de junho.

- Publicidade -

As versões beta do iOS já o tinham dado a entender, mas agora confirma-se: a qualidade de áudio superior está a chegar ao Apple Music. A marca da maçã nem sequer se refere a esta nova abordagem como Apple Music HiFi, como os rumores da indústria indicavam, mas somente que o serviço de streaming de música vai receber, em breve, Lossless Audio.

A Apple promete que terá disponível a opção Lossless Audio para todas as músicas disponíveis no seu catálogo – são mais de 75 milhões de faixas disponíveis. Nesta opção, existirá a funcionalidade de reproduzir músicas com qualidade equivalente a um CD, de 16bits e 44.1 kHz (kilohertz), até uma opção de 24 bits e 48 kHz, com uma resolução ainda melhor.

Para os verdadeiros audiófilos, o Apple Music apresentará ainda a opção de 24 bits e 192 kHz (tal e qual como existe no Tidal), ainda que, para usufruir em pleno, será necessário um equipamento extra, como um conversor digital-analógico (DAC) USB.

Quando esta novidade estiver disponível, o que deverá acontecer no próximo mês de junho, basta que, depois, nas Definições, escolham a opção Música e, seguidamente, Qualidade de som. Aí poderão escolher diferentes resoluções para diferentes ligações, sendo que convém realçar que, quanto melhor a qualidade, mais pesados serão os ficheiros, usando consequentemente maior largura de banda.

O melhor de tudo? Contrariamente ao que acontece com outros serviços, o Lossless Audio chegará a todos os atuais subscritores sem custo acrescido, o que significa que continuarão a pagar o mesmo, sim, só que terão o bónus de poderem escutar as vossas músicas favoritas com outra qualidade.

Há ainda que destacar, claro, o Spatial Audio com tecnologia Dolby Atmos, que promete experiências mais imersivas e som multidimensional. Esta novidade estará disponível nos equipamentos tecnológicos mais recentes da Apple, tais como AirPods e auscultadores/auriculares Beats com chip H1 ou W1, bem como os últimos modelos de iPhone, iPad e Mac.

No entanto, há uma má notícia para aqueles que possuem os AirPods Pro e AirPods Max. Ao site T3, a Apple confirmou que estes equipamentos não irão suportar Lossless Audio… isto porque funcionam com codecs Bluetooth AAC, pelo que não conseguem tirar partido do codec ALAC (Apple Lossless Audio Codec).

No entanto, apesar de surpreendente, esta é um facto que não nos deixa inteiramente surpresos, até porque, se pensarmos bem, nenhum equipamento áudio que recorra ao Bluetooth é efetivamente capaz de entregar áudio verdadeiramente lossless, uma vez que a própria comunicação do protocolo Bluetooth envolve, por natureza, algum tipo de compressão de dados.

Falta agora o Spotify lançar esta opção de escutar música sem perda de qualidade, tal como anunciado em fevereiro deste ano.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

MediaMarkt está a oferecer quatro meses de Apple Music

São muitos dias para ouvir música com boa qualidade e sem anúncios.

Há mais de 700 faixas da banda sonora da série Persona para ouvir no Spotify

Quase todas as músicas da série ficaram disponíveis à distância de um clique.

Apple Music chegou às Smart TVs da Samsung, incluindo modelos de 2018

Têm subscrição no Apple Music, serviço de streaming da marca da maça, e uma TV Samsung minimamente recente? Há boas notícias.

Tarifários Yorn X deixam de oferecer subscrição do Apple Music. O substituto é o TIDAL

O TIDAL, serviço de streaming de música da Aspiro, cujo dono é Jay-Z, entra na oferta Yorn X a partir de 27 de abril.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Arcane recebe um incrível trailer e estreia a 6 de novembro

A adaptação animada de League of Legends parece espetacular.

As formas com que os burlões enganam clientes na Booking

O objetivo final é roubar o dinheiro dos utilizadores. Explicamos esta burla ao pormenor.