Apple deixa de estender oferta do serviço Apple TV+

- Publicidade -

O que significa que, a partir de julho, é para começar mesmo a pagar.

Em setembro de 2019, a Apple começou por dizer que quem adquirisse um novo equipamento da marca (iPhoneiPad ou Mac) a partir desse mês teria de oferta um ano de acesso ao serviço Apple TV+, que custa 4,99€/mês. Na prática, tal significava poder ver os conteúdos da plataforma sem pagar um cêntimo até ao final de outubro de 2020.

Porém, e já nesse mês de outubro, a marca da maçã deu uma boa novidade: a extensão dessa oferta até fevereiro de 2021. Um mês antes, em janeiro, a Apple resolveu estender novamente essa oferta, desta vez até julho deste ano. Mas a borla vai agora mesmo acabar.

A marca começou a contactar os clientes que nunca pagaram pelo serviço para informar que, a partir de 1 de julho, o mesmo terá um custo de 4,99€/mês, podendo os utilizadores decidir se passam a pagar pelos conteúdos ou se, por outro lado, viram atenções para outro serviço de streaming. Aliás, mesmo no site oficial, surge a informação de que poderão ter a Apple TV+ grátis durante um ano na compra de um dispositivo apple antes de 30 de junho, o que significa que é mesmo o dia limite para esta oferta.

Uma vez que o serviço já começa a ter algum tempo de existência, seria de esperar que a Apple fosse acabar com a oferta em breve. E esta altura em específico para este anúncio não é propriamente surpreendente. Afinal de contas, é a 23 de julho que estreia a esperada segunda temporada da popular série Ted Lasso.

Já em agosto há muita coisa para apreciar: o fantástico CODA, que tivemos oportunidade de ver no Festival Sundance, estreia na Apple TV+ a 13 de agosto; Mr. Corman, série criada, realizada e protagonizada por Joseph Gordon-Levitt, chega a 6 de agosto; e a segunda temporada de See estreia a 27 de agosto.

Já em setembro há conteúdos muito esperados: a segunda temporada de The Morning Show e a aguardada série Foundation, ainda sem data fixa.

O ano promete ser bom em séries e filmes para a Apple TV+. Resta esperar se os clientes estão dispostos a pagar 4,99€/mês, uma vez que há serviços como o Amazon Prime Video, ao qual é possível ter acesso por 3,99€/mês ou 36€/ano e cujo catálogo parece não ter fim.

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Série live-action de Speed Racer a caminho da Apple TV+

A adaptação do mangá a televisão será por conta do produtor J.J. Abrams.

Ainda têm uma PlayStation 4? Podem usufruir de três meses de acesso à Apple TV+

Depois da recente PS5, é a vez da velhinha PS4 também ter direito a esta oferta.

Pachinko – Uma série dramática em tons épicos

Pachinko conjuga drama e estilo épico, num retrato intercultural e intergeracional que resgata do passado e da treva do anonimato o sacrifício dos pais, dos antepassados coreanos.

Godzilla está a caminho da Apple TV+ com o MonsterVerse

O Universo Cinemático do monstro gigante mais popular do cinema expande-se no streaming.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Mercado de Mira de Aire reabriu portas

Um investimento que ultrapassou os 300.000€.

4ª temporada de You ganha data de estreia e é dividida em duas partes

Não foi especificada a quantidade de episódios de cada parte.