Oficial: Apple apresentou três novos iPhone

Foi ontem, num evento que começou às 18h de Lisboa, e com um vídeo bem engraçado, que decorreu mais um evento da Apple, o tal que se realiza anualmente em setembro e que revela sempre novos iPhone. E este ano não foi exceção.

Como alguns leaks revelaram, tivemos três iPhone, sendo que o destaque vai precisamente para o Xs e Xs Max, os mais recentes topos de gama. São iguais em todas as especificações técnicas, exceto em dois detalhes: tamanho de ecrã e capacidade da bateria.

Sim, é que o iPhone Xs Max tem um impressionante tamanho de 6,5 polegadas, sendo, por ventura, o maior smartphone da Apple até à data. É até maior que um Samsung Note 9, ou seja, será excelente para visualização de conteúdos multimédia. E é neste modelo gigante e no de proporções mais modestas que encontramos o belo ecrã OLED Super Retina HD que conta com tecnologia HDR. A Apple diz ainda que este ecrã proporciona a maior precisão de cor do mercado, além de suportar uma frequência de 120Hz, uma taxa de refresh ideal para quem é gamer de bolso.

Mas comecemos pelo mais básico, o design. Estes novos modelos, feitos em aço, têm um design idêntico ao do antecessor, o que se explica dada a diferença de apenas um ano em relação à geração interior. É, porém, no interior que tudo muda.

No que toca ao processador, temos aqui o novíssimo A12 Bionic, um chip de 7nm – não Apple, não é o primeiro do mundo a ser fabricado assim – que conta com Neural Engine. É um processador com um desempenho gráfica até 50% mais rápido que o A11 Bionic e é também 50% mais eficiente. Ao contar com Neural Engine, este processador permite excelentes experiências de realidade aumentada.

[photonic type=”flickr” user_id=’162621154@N05′ view=’photosets’ photoset_id=’72157698057104092′ media=’photos’ tag_mode=’any’ sort=’date-posted-desc’ layout=’random’ caption=’none’ thumb_size=’n’ main_size=’c’]

No que toca às câmaras, parecem não existir muitas diferenças, pelo menos no papel. Temos, para ambos os modelos, uma câmara dupla de 12MP com abertura de f/1.8 e estabilização ótica de imagem (OIS) e outra de 12MP com abertura de f/2.4, OIS e zoom ótico de 2x.

Já a câmara frontal é de 7MP com uma abertura de f/2.2. Depois de os primeiros testes serem feitos, resta saber que a Apple irá conseguir equiparar-se, ou ultrapassar, a concorrência.

Em termos de bateria, é que aqui que temos a outra diferença, além do tamanho do ecrã. Enquanto que o iPhone Xs conta com uma bateria de 2716mAh, o modelo Xs Max passa para uns 3300mAh. Sabemos que o tamanho da bateria nunca foi um ponto de destaque dos smartphones da Apple, pelo que restará saber as maravilhas que o novo processador conseguirá fazer em termos de autonomia de sistema. A Apple promete que ambos os modelos conseguirão até 50% de carga em cerca de 30 minutos.

Entre outras características, destacamos ainda a conetividade Gigabit LTE, o Bluetooth 5.0, o Face ID melhorado, o carregamento sem-fios e, atenção, uma novidade: suporte a dual-SIM. Qual é o problema? Não funciona em Portugal, isto porque, para termos dois cartões, um deles tem de ser um e-SIM, algo que ainda não está disponível em Portugal.

Estas são, basicamente, as novidades da Apple no que toca a topos de gama. Mas ainda havia mais uma revelação: iPhone Xr.

Este modelo difere logo dos anteriores por ser construído em alumínio. Apesar de contar com painéis de vidro na frente e na parte traseira, é no ecrã que está uma das diferenças: é LCD e não OLED. É um Liquid Retina Display, o mais avançado LCD num smartphone, diz a Apple. Tem um tamanho de de 6,1 polegadas, resolução 1125×2436 pixéis e 440 ppi.

iPhone Xr

O iPhone Xr, apesar de também contar com o novo processador A12 Bionic, tem ainda outra diferença: as câmaras. Na traseira temos apenas um sensor de 12 MP com abertura de f/1.8. Pode parecer pouco, mas a Apple garante que é uma lente fenomenal que recorrer à Inteligência Artificial. Na frente temos então uma câmara TrueDepth de 7MP com abertura de f/2.2.

Teoricamente não parece um dispositivo muito avançado em relação a concorrentes Android, além de ser consideravelmente mais caro que esses modelos, pelo que este pode ser um smartphone capaz de ter alguma dificuldade em afirmar-se no mercado. Ou não, tudo dependerá dos fãs da Apple.

Quanto a preços e disponibilidade, os iPhone Xs e iPhone Xs Max entram em período de reserva a partir das 08h01 do dia 14 de setembro. Os preços começam nos 1179€ para o modelo mais pequeno e nos 1279€ para o modelo Max, podendo atingir uns astronómicos 1679€ para quem optar pela versão de 512GB de memória interna. No que toca a cores, estarão disponíveis em Prateado, Cinzento sideral e Dourado.

Não esquecendo o modelo Xr, vai demorar um pouco mais a chegar ao mercado. As reservas começam a partir das 08h01 do dia 19 de outubro, com os preços a começarem nos 879€. Estará disponível nas cores Branco, Preto, Azul, Amarelo, Coral e (PRODUCT)RED, sendo que, neste último caso, cada compra contribui diretamente para o Fundo Mundial de luta contra a SIDA.


 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,699FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
623SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Smartphones da OPPO já estão à venda na Vodafone

Vantagem? Podemos usar os pontos que temos e abater na aquisição dos equipamentos através do Clube Viva.

WWDC 2020. Novos sistemas operativos e um novo processador foram as novidades apresentadas pela Apple

Num formato totalmente digital, o evento anual da Apple mostrou-nos ainda uma nova Siri e a possibilidade de desbloquearmos o carro com o iPhone.
- Publicidade -

Mais Recentes

Bem-Vindos a África foi o filme mais visto desde a reabertura dos cinemas em Portugal

É a comédia francesa que marca o regresso do ator Christian Clavier ao grande ecrã.

Oficial: MotoGP regressa a Portugal de 20 a 22 de novembro

Não fosse a COVID-19 e seria um ano inesquecível pelos melhores motivos.