Antigo hospital do Desterro vendido por 10,5 milhões de euros

- Publicidade -

E terá um hotel de quatro ou cinco estrelas, outro tipo de alojamento, um restaurante… e outras coisas.

Demorou, mas foi. O Grupo Mainside, que fundou o o LxFactory, a Pensão Amor, o Zero Box Lounge, o Rio Maravilha ou o Museu Erótico de Lisboa, entre outros, adquiriu em dezembro do ano passado o antigo hospital do Desterro por 10,5 milhões de euros, que era propriedade do Estado.

Na verdade, o grupo empresarial já tinha a seu cargo reabilitação e exploração do antigo Hospital do Desterro, mas, em junho de 2020, dizia-se forçado a abandonar o projeto. Tudo porque a Estamo, empresa imobiliária do Estado, se recusou a suspender o pagamento de rendas – 25.000€ mensais -, mesmo com a Mainside a alegar os “efeitos devastadores da pandemia”. Porém, cerca de ano e meio depois, a situação mudou drasticamente.

Esta história recente do antigo hospital começou em 2013, quando a Câmara Municipal de Lisboa assinou um acordo com a Estamo e a Mainside para a exploração deste imóvel e consequente transformação. Mas os atrasos foram surgindo, o projeto foi sendo constantemente reformulado e, ao ECO, que começou por avançar com esta notícia, o Grupo Mainside fez questão de referir que a compra do imóvel acabou por ser a opção mais fácil para levar o projeto avante.

Em breve, embora não se saiba exatamente quando, o antigo hospital vai ter dois tipos de alojamento – um hotel de quatro ou cinco estrelas e outro tipo de alojamento -, um restaurante e, possivelmente, um polo de produção para a produção de cerveja ou pão.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes