Tronsmart Bang – Uma caixa de som que faz barulho, mas que nem sempre é o desejado

- Publicidade -

O volume não é problema (suficiente para começar uma festa), mas a qualidade de som que o acompanha podia ser melhor.

O Tronsmart Bang é o novo produto da Tronsmart que surge para explorar o segmento de mercado de caixas de som, ideal para uso outdoor, podendo ser emparelhada com até 100 outras colunas através da tecnologia patenteada de TuneConn.

A somar a esta tecnologia TuneConn, a Bang vem equipada com tecnologia NFC para conexão com o smartphone (para além do Bluetooth 5.0). No que toca à reprodução de música, em alternativa ao Bluetooth, podem fazê-lo através de cartão de memória (até 128GB), cabo aux (incluído) ou U Disk, com entradas localizadas na parte de trás da coluna. É também nessa zona onde podem efetuar o carregamento da coluna através de uma entrada type-C (cabo incluído) e ainda existe uma saída de USB com a funcionalidade de powerbank, que vos permite carregar o vosso smartphone. A cobrir tudo isto, existe um segmento de borracha de espessura considerável que faz com que a coluna cumpra os requisitos IPX6 Waterproof.

Na parte da frente da coluna têm uma banda de borracha com todos os botões para controlar a coluna e a zona de conexão através de NFC, onde também está descriminado o nível de bateria da coluna. É também nessa banda onde têm o botão para ativar a tecnologia patenteada SoundPulse Audio Feast, que permite amplificar o som sem descurar a qualidade.

É possível um melhor controlo sonoro através da app “Tronsmart”, cujo QR Code para download vem na caixa. A app é muito simples, tornando-a intuitiva e objetiva. Após conectarem a app à coluna, poderão alternar entre oito predefinições de equalizador já definidas. A coluna vem com o equalizador em Default e podem ativar o Sound Pulse na coluna, contudo, para alternar entre Deep Bass, 3D, Hi-Fi, Classical, Vocal e Rock, só através da app.

tronsmart echo boomer 2

Através da app, também podem alternar entre os modos de reprodução e ativar o modo broadcast. Há botões destinados para isso na coluna, mas é mais fácil na app.
Quando ligarem a coluna, vão notar que esta está equipada com três LEDs (oito cores), um ao comprido na zona frontal e dois circulares nas laterais, que vão alternando de cor de forma temporizada. Através da app, podem definir uma cor contínua apenas, ativar a variação entre cores com base na batida da música ou desligar, para poupar bateria.

Relativamente à bateria, tem uma capacidade base de 10.800 mAh, conseguindo aguentar até 15 horas de reprodução a 50% do volume com os LEDs desligados, e oito horas também a 50% com os LEDs ligados, podendo ainda ser usada também como powerbank. O tempo necessário para o carregamento dos 0% aos 100% é de aproximadamente 4h30.

À primeira vista, a Bang é uma caixa de som relativamente bonita e com um aspeto robusto (confirmado pelo peso que chega aos três quilos). O núcleo está envolto numa malha genérica que muitas colunas usam hoje em dia (baseada na dos modelos JBL) que cobre os dual tweeters e os dual woofers. Malha essa onde podem encontrar a banda de borracha com os botões de controlo e uma chapa com o símbolo e nome da marca. Em torno desse núcleo há uma estrutura plástica, descontínua. Duas metades unem-se para formar a parte de baixo (onde existem duas esponjas de de absorção de impacto para pousar em qualquer superfície) e lateral, tendo o LED na zona frontal, como já referi anteriormente. Estas duas metades são complementadas pela pega que vai unir-se a elas. Nas laterais podem contar com dual passive radiators com o símbolo da marca na tampa (aparentemente em plástico).

À segunda vista, apesar do aspecto robusto e premium, o plástico estrutural tem uma aspeto barato e são notáveis algumas arestas “por limar” do molde usado. Notam-se e sentem-se também as uniões entre as três peças plásticas que compõem essa estrutura, o que não dá uma sensação muito profissional. A malha que envolve o núcleo, ao contrário da usada nas JBL, parece ser mesmo em tecido, o que leva mais tempo a secar, caso molhem a coluna. Em vez das esponjas na parte de baixo, usaria borracha, mas isso já são pormenores mais mesquinhos. De resto nada a apontar. Os dual passive radiators têm bom aspecto com os LEDs em funcionamento, as bandas de borracha são de boa qualidade e a saliência do símbolo de cada botão este bem conseguida com um bom nível de pormenor.

tronsmart echo boomer 3

Relativamente ao som, vou ter de ser um pouco mais mesquinho. A Bang é uma coluna de 60W de power, o que é ótimo com um intervalo de frequências de 20Hz-20kHz, tudo certo. O volume cumpre com o esperado e a Bang pode, de facto, ser usada como uma coluna para festas e até para música de fundo. O bass também funciona lindamente, podendo até ser amplificado.

É preciso ter em conta, no entanto, que a coluna está equipada com woofers e não subwoofer, limitando-a logo à partida. Para além disso, em contrapartida com o volume e bass que tem, o detalhe do som deixa a desejar, tornando-se desafiante identificar vários elementos sonoros na música que nos chegam aos ouvidos como um bolo de mistura, disfarçado de bass extra. Se estão à procura de uma coluna de estúdio, bom, podem continuar a procurar. O equalizador ajuda a remediar um bocado de forma a encontrarem o som que melhor vos agrade, mas não resolve o problema.

Esta coluna tem ainda uma particularidade que dificulta a sua utilização como coluna caseira para volumes mais reduzidos. O problema, basicamente, acontece quando passam do nível de volume 2 para o nível 3, onde há um acréscimo de volume desproporcional, faltando aqui uns 2/3 níveis de volume entre o 2 e o 3. Não é que o nível 3 seja muito alto, mas se quiserem reduzir um pouco, quase deixam de ouvir música, visto que o nível 2 é mesmo reduzido, numa proporcionalidade direta. Outra particularidade é a latência, que impede a Bang de ser apropriada para ver séries/filmes, e muito menos para ser usada como coluna gaming, mesmo sabendo que tem Bluetooth 5.0.

O veredicto final é satisfatório, variando mediante o partido que se quiser tirar da coluna. Para festas onde o detalhe do som não interessa e o que se quer é volume e baixos intensos, está ótima. Para estúdio, gaming ou visualização, não aconselho.

O ponto positivo é ser uma caixa de som de preço acessível, podendo ser encontrada a cerca de 20% do valor total da JBL Boombox (que é a minha coluna), mas naturalmente, não podem exigir uma performance com mais do que 20% da qualidade da Boombox.

Este dispositivo foi cedido para análise pela Tronsmart.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes