Almada deixou de usar glifosato para controle de ervas nos passeios e espaço público do concelho

Mais especificamente desde o primeiro dia do ano. O glifosato, pelo seu potencial risco para a saúde e ecossistemas, uma vez que tem efeitos negativos na saúde humana e de outros animais, poluindo ainda lençóis de água subterrâneos, com impacto negativo na vida marinha, é um produto que deixou de ser utilizado no controle de plantas infestantes no concelho de Almada.

Quer isto dizer que, de modo a garantir a remoção de ervas nos passeios em mais de 820km de ruas e vias, a autarquia aposta agora exclusivamente na monda mecânica.

Com isto, a Câmara Municipal de Almada também fez um importante investimento em novos equipamentos e meios humanos, porém, só com o contributo de todos será possível manter todos os espaços livres deste tipo de vegetação, de forma mais sustentável e ambientalmente equilibrada.

Atenção que este tipo de intervenção deve ser feita apenas em locais onde seja indispensável fazer este controle. Porquê? É que existe uma enorme variedade de espécies de plantas espontâneas com funções ecológicas valiosas para a qualidade de vida dos cidadãos.

Nos últimos anos foram testados pela Autarquia vários métodos alternativos ao glifosato, designadamente a monda térmica (água/vapor/espuma quente ou chama direta), que, todavia, revelaram uma eficácia muito limitada e elevados custos.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,135FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Largo de Cacilhas vai ser requalificado. Investimento é de 2,5 milhões de euros

A obra deverá estar concluída até ao final do verão do próximo ano.

Almada vai ter uma Unidade Móvel de Saúde

É inaugurada amanhã, tendo o piloto Miguel Oliveira como padrinho.

Too Good To Go chegou em força a Almada e Guimarães

O combate ao desperdício alimentar tem cada vez mais aliados.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Mercadona vai investir mais de 140 milhões de euros para reduzir uso do plástico

Neste investimento está incluída a adaptação do supermercado de Matosinhos, o primeiro em Portugal a receber o conceito de Loja 6.25. No total, foram adaptadas 72 lojas nos últimos dois meses.