Duas aldeias de Penela vão ser “transformadas” em smart villages

Foram as únicas candidaturas aprovadas em Portugal.

aldeias de Penela
- Publicidade -

A Comissão Europeia recebeu mais de 700 candidaturas no concurso internacional Smart Rural XXI, com o intuito de promover estratégias e boas práticas de desenvolvimento das aldeias que invertam o despovoamento e a desertificação. De todas as soluções rurais inovadoras apresentadas, Penela foi o único projeto a conseguir a aprovação em Portugal.

A iniciativa tem como objetivo promover e inspirar as aldeias a desenvolver e implementar abordagens estratégicas, visando transformá-las em smart villages. O Município de Penela identificou uma oportunidade de mudança de paradigma e concorreu com projetos para duas aldeias do concelho: Ferraria de São João e Cumeeira.

Na aldeia de Ferraria de São João, será implementado o projeto Farm Real, um conceito disruptivo de rebanho comunitário que tira partido das tecnologias. Com a criação de uma plataforma online, os internautas vão poder adoptar animais e ser “pastores virtuais” de uma ou mais cabras, acompanhando o seu dia-a-dia real, como a sua localização exata, visualizar vídeos dos animais, conhecer e vivenciar a produção de leite, entre outras atividades disponíveis online.

Já a aldeia da Cumeeira será transformada em Social Village, com o intuito de dar todo o apoio e acompanhamento aos idosos que lá vivem, evitando a sua deslocação para um lar ou centro social de dia. A ideia é disponibilizar, de forma permanente, todos os cuidados de saúde e sociais no local, para que os idosos possam continuar nas suas casas. Para além deste apoio aos locais, este projeto inclui ainda a promoção do turismo sénior, cativando todas as pessoas que necessitem de algum apoio.

As smart villages serão acompanhadas no desenvolvimento, preparação e implementação da estratégia por uma equipa coordenada pelo grupo E40 em parceria com cinco instituições especializadas – IfLS e Empirica (Alemanha), Innovatiesteunput (Bélgica), Universidade Agrícola de Atenas (Grécia) e eConcepts (Irlanda) – e em colaboração com 28 peritos nacionais, abrangendo todos os países da União Europeia. Irão, também, visitar outras smart villages para obter inspiração e partilhar ideias sobre atividades a desenvolver e participar em intercâmbios e iniciativas de capacitação técnica com outras aldeias participantes (Academias Smart Villages).

Esta iniciativa da Câmara Municipal de Penela visa auxiliar o desenvolvimento rural, com foco em vetores como a inovação, o empreendedorismo e a melhoria da qualidade de vida da sua população.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

LENNA. Nova marca aposta em sapatos vegan, sustentáveis e feitos em Portugal

Na verdade, trata-se de uma fusão entre alpercatas e ténis. E é bem provável que tenhamos aqui a sensação do verão.