fbpx

Cinco destinos rurais para fazerem férias em Portugal

Já falta menos de um mês para o verão terminar, mas tal não significa que não se possam tirar mais uns dias de férias.

destinos rurais

Durante o tempo em que todos nós estivemos em confinamento – bom, pelo menos boa parte da população – muitos foram aqueles que, possivelmente, viram “estragados” os seus planos de tirar férias no estrangeiro. Solução? Fazer férias cá dentro, aproveitando para descobrir o que de melhor o nosso país tem para dar.

Estamos quase no fim de agosto, pelo que muitos portugueses já terão tirado os seus dias de férias por esta altura. Porém, existem sempre imensos casos de pessoas que não sabem o que fazer, ou melhor, que não sabem para onde devem ir aproveitar as suas férias.

Nada temam! Na lista que se segue damo-vos cinco destinos rurais para fazerem férias em Portugal, incluíndo ilhas.

Freixo de Espada à Cinta

Freixo de Espada à Cinta

Apesar de ser uma vila que pertence a um dos distritos mais remotos do país (Bragança), Freixo de Espada à Cinta tem influências espanholas e vários lugares para conhecer. Poderão aproveitar para descobrir a Calçada de Alpajares, o Penedo Durão ou até a praia fluvial da Congida que, apesar de não ter areia, tem um vasto relvado onde podem estender a vossa toalha ou fazer um piquenique.

No local, se quiserem, podem ainda fazer um passeio de duas horas de barco pelo rio Douro.

Abrantes

Abrantes

A cidade de Abrantes respira história. No castelo/fortaleza de Abrantes, um dos elementos importantes de arquitetura militar, pode-se observar a rara panorâmica de 360º sobre a charneca e visitar o Museu D. Lopo de Almeida, instalado na Igreja de Sta. Maria do Castelo (Panteão dos Almeidas, desde o séc. XVI).

Podem também visitar, na freguesia de Tramagal, o Museu Metalúrgica Duarte Ferreira, premiado como Museu do Ano pela Associação Portuguesa de Museologia, em 2018.

E claro, não percam a oportunidade de desfrutar de dois dos maiores recursos hídricos do País: o Rio Tejo e a Albufeira de Castelo do Bode, nascida no leito do Rio Zêzere.

Estremoz

Estremoz

Existem várias razões para visitar Estremoz, sendo um local especialmente indicado para os fãs de doçaria, que podem experimentar os vários doces conventuais feitos à base de gemas de ovos, amêndoas e gila. Não deixem de levar um “Gadanha” ou um “Rainha Santa”, duas delícias para todos os sentidos.

Podem ainda ir até ao Castelo de Evoramonte para descobrirem mais de oito séculos de história; deslumbrarem-se com a Serra d’Ossea; passear no Rossio Marquês de Pombal, considerado por muitos maior e mais bela praça do país; saborearem os vinhos de Estremoz; ou até subirem às fortificações de Estremoz.

Açores (Ilha das Flores)

Açores (Ilha das Flores)

Integrada na rede mundial de Reservas da Biosfera da Unesco, a ilha das Flores, território mais ocidental dos Açores e da Europa, tem paisagens que são verdadeiros paraísos. Esta ilha integra o Grupo Ocidental do arquipélago dos Açores em conjunto com a ilha do Corvo.

Se há lugares privilegiados pela natureza, a ilha das Flores é um deles, e aos seus 141,4 km2 de superfície repartidos por dois concelhos, o de Santa Cruz e o das Lajes, acresce a simpatia da população, tornando-a num destino obrigatório nos Açores.

Devido à sua pequena dimensão não é difícil percorrer toda a ilha, pelo que uma boa sugestão para começar a descoberta é iniciando o dia a fazer um passeio de barco, onde podem vislumbrar uma vista diferente com estruturas rochosas e grutas de cortar a respiração. É o caso do Arco de Santa Cruz das Flores ou do Ilhéu de Maria Vaz, apenas visíveis pelo mar. E ainda da Gruta dos Enxaréus e da Gruta do Galo.

Já para banhos no mar ou, se quiserem, para a prática de snorkeling, têm dois locais para isso: as Piscinais Naturais de Santa Cruz das Flores e a zona balnear da Fajã Grande.

Também a não perder é a vista que se obtém a partir do Morro Alto, o ponto mais elevado da ilha com 911 m de altitude, de onde se vislumbra uma paisagem de verde intenso, onde a nativa floresta de Laurissilva ainda marca presença.

Madeira (Prainha)

Madeira (Prainha)

A Prainha, perto da ponta de São Lourenço, é uma praia de areia negra de origem vulcânica que proporciona um dia de praia diferente do que é habitual.

Nesta praia encontram-se as Dunas da Piedade, que são fósseis calcários de interesse geomorfológico. A paisagem que envolve esta praia contrasta com a que encontramos na maior parte da ilha. Aqui o habitual verde é substituído por uma paisagem árida, pintada de amarelos, castanhos e laranjas. Este espaço balnear dispõem de um restaurante, balneários, guarda-sóis e espreguiçadeiras e parque de estacionamento.

Fonte:Blog OLX
- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Swans vêm mesmo tocar a Portugal no próximo ano

Esperemos que, até lá, já ninguém oiça falar da COVID-19.

Concerto dos Slipknot em Portugal foi cancelado

Devido à pandemia de COVID-19, a tour europeia da banda ficou sem efeito.

Concertos Drive-in em Portugal? Sim. O primeiro acontece já esta semana

É uma realidade que começa a ganhar alguma forma na Europa, pelo que Portugal também teria de testar este formato.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.