- Publicidade -

Água Monchique regressa ao mercado com garrafas de vidro

-

- Publicidade -

Há algum tempo que não vemos as garrafas e garrafões da Água Monchique no supermercado. Isso deveu-se ao facto da Sociedade da Água de Monchique ter interrompido a produção e o fornecimento durante alguns meses na sequência do investimento de alguns milhões de euros que estaria a fazer na requalificação e modernização da unidade fabril nas Caldas de Monchique.

Pois bem, há muitas novidades para partilhar. Num evento que decorreu ontem, dia 26 de fevereiro, em Lisboa, a empresa anunciou um investimento de 8,5 milhões de euros que irá permitir duplicar a capacidade de engarrafamento da produção. O objetivo? Poder disputar a liderança do mercado das águas minerais em Portugal.

Este investimento materializa-se na instalação de novas linhas de engarrafamento na unidade produtiva, que permitirá duplicar a capacidade de engarrafamento, passando dos 70 milhões de litros/ano para 140 milhões de litros/ano. De salientar que a empresa tinha já alcançado o máximo da sua capacidade produtiva instalada em 2017.

O aumento da capacidade produtiva vai ser acompanhado pela criação de mais 10 postos de trabalho

A nova Monchique

O investimento divulgado inclui ainda o rebranding da marca e o desenvolvimento de um novo packaging, com alargamento da gama disponibilizada ao mercado em termos de tara e de materiais. A partir deste ano, e em linha com o que são as exigências do consumidor e as tendências de mercado, vai ser possível adquirir Água Monchique em embalagem de vidro (0,75cl e 0,375cl).

Para além da nova imagem, a marca passa ainda a disponibilizar novas taras – 0,34, 0,51 e 0,72 (Sport).

Em paralelo com o desenvolvimento das novas garrafas, foi desenhada também uma nova identidade gráfica, onde o logótipo passa a ser mais clean, com lettering mais elegante e que tal como as novas embalagens segue os princípios da simetria e do equilíbrio. Já a célebre gota – ícone distintivo da Água Monchique – assume agora um maior protagonismo.

Além disso, os rótulos são também eles recicláveis, impressos num material transparente para transmitir a fluidez da água e a elegância da garrafa.

A nível cromático, a identidade da marca assenta na utilização da cor azul, que simboliza universalmente a água, e o grená, que é, desde há largos anos, a cor de destaque da Água Monchique, facilmente reconhecida pelas suas cápsulas.

Sabe-se que a Água Monchique vai ainda lançar em breve ainda uma aplicação móvel, a APP Monchique, para iOS e Android, que desafiará os utilizadores a registar o momento em que reciclam as garrafas de Água Monchique e a partilhá-lo nas suas redes sociais, acompanhado pelo hashtag #ecoselfie. É que fazer esta reciclagem irá garantir pontos que, posteriormente, poderão ser trocados por produtos. Não sabemos é quais.

A APP Monchique disponibilizará ainda a função de monitorização de consumo de água com análise de dados e respetivo histórico, um assistente virtual que sugere e aconselha o consumo de água para a manutenção de níveis de hidratação saudáveis, tendo em conta fatores como a meteorologia, a constituição física ou o estilo de vida do utilizador, entre outras potencialidades.

A reorganização de toda a estrutura produtiva operada na fábrica da Água Monchique teve como pilar essencial a redução da pegada ecológica da empresa.

A redução e a reutilização do plástico é outra das preocupações centrais nesta ‘nova era’ Monchique. A eliminação do consumo de plástico retrátil nas taras de 5 litros vai permitir que a empresa deixe de enviar para o mercado cerca de 25 toneladas de plástico de embalagem por ano.

Outra das mudanças prende-se com a redução em mais de 16% do peso do novo garrafão, o que permitirá poupar cerca de 100 toneladas de PET por ano. Outro fator relevante nesta busca pelo equilíbrio ambiental é o facto de as novas garrafas incorporarem na sua produção 30% de PET reciclado, cumprindo antecipadamente as metas europeias delineadas para 2030.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,245FãsGostar
4,046SeguidoresSeguir
508SeguidoresSeguir

Mais Recentes

Análise – Resident Evil 3 Remake

Resident Evil 3 Remake espelha o original de 1999 de forma refrescante e emocionante, num jogo mais coeso e orientado na ação que o seu antecessor, mas que serve também de um excelente complemento para assistir de perto à tragédia de Raccoon City.

Concurso Montepio Acredita Portugal 2020 com inscrições abertas até 25 de abril

Além disso, o concurso adotou um formato inicial digital, 100% online, pelo que, depois, o desenvolvimento de ideias submetidas irá decorrer até 17 de maio deste ano.

Makro Portugal abre as portas das suas lojas a todos os consumidores

A partir das 06h de hoje, 6 de abril, a Makro Cash & Carry Portugal S.A. abre as portas de todas as suas lojas a nível nacional de forma a garantir a continuidade da cadeia de distribuição de produtos a todos os consumidores.

Crítica – Sonic the Hedgehog

Sonic the Hedgehog é uma aventura divertida que qualquer família pode desfrutar numa tarde de domingo.

Digimon Adventure Reboot já está disponível! Saibam aqui como ver

Sim, a primeira série a surgir no pequeno ecrã foi alvo de reboot, pelo que os próximos episódios serão altamente nostálgicos. Há, claro, diferenças.
- Publicidade -