A adaptação de Monster Hunter recebe o primeiro trailer

Paul W.S. Anderson e Milla Jovovich estão de regresso, agora fora do universo de Resident Evil.

Do responsável de duas das mais influentes adaptações de videojogos para o cinema, com Mortal Kombat e Resident Evil, Monster Hunter é a nova aposta de Paul W.S. Anderson, que traz consigo novamente Milla Jovovich, num papel principal.

Inspirado nos videojogos da Capcom do mesmo nome, a Sony Pictures revelou o primeiro trailer do mundo antecipado Monster Hunter. E logo percebemos que mistura elementos originais, como um lado mais militar e contemporâneo, com aquilo que define os jogos da saga, que são os monstros, dragões, caçadas e espadas gigantes.

Nesta história, acompanhamos Artemis e os seus soldados que são inexplicavelmente transportados para um outro universo, onde terão que lutar contra criaturas gigantes com a ajuda dos habitantes, antes de voltarem para o seu mundo. O trailer revela a premissa simples e dá destaque às estrelas do filme, os monstros, em sequências de ação que parecem bem mais divertidas do que os últimos filmes de Resident Evil, também realizados por W.S. Anderson.

Além de Jovovich, o filme conta ainda no elenco com T.I. HarrisMeagan GoodDiego BonetaRon PerlmanJosh HelmanJin Au-YeungTony Jaa.

Estreia nos cinemas, se tudo correr bem, já em dezembro de 2020.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,850FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Crítica – Rebecca

A versão da Netflix de Rebecca perde-se ao tentar equilibrar tantos géneros em apenas um filme.

Crítica – Trial of the Chicago 7

The Trial of the Chicago 7 é, sem dúvida, um dos melhores filmes do ano.

Assassin’s Creed Valhalla recebe um longo vídeo cheio de detalhes

São mais de sete minutos de informações sobre a nova aventura da saga.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – 9 Monkeys of Shaolin

Viajem até à China Medieval numa busca por vingança e muita ação.

Crítica – On the Rocks

On the Rocks não parece um filme, mas sim uma história real com pessoas reais… pelo menos até ao terceiro ato.