Abertas candidaturas de renda económica para 60 casas (a precisar de obras) destinadas a militares

- Publicidade -

O concurso está aberto até 5 de fevereiro e podem concorrer todos os militares e pessoal militarizado dos quadros permanentes das Forças Armadas nas situações de ativo, reserva e reforma.

Estão abertas as candidaturas para o arrendamento de casas de renda económica do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), que se encontram devolutas e a necessitar de obras. A concurso estão 60 habitações situadas em Almada, Cacém, Coimbra, Elvas, Évora, Lisboa, Mem Martins, Ponta Delgada, Ramada, Seixal e Tomar.

O aviso de abertura, publicado esta semana em Diário da República, prevê a atribuição de casas de renda económica que se encontram devolutas ou a precisar de reabilitação. As obras necessárias para a utilização das frações, com um custo máximo de cinco mil euros, acrescidos de IVA, deverão ser realizadas pelos arrendatários, sendo que o valor pago, até ao montante definido no concurso, será posteriormente descontado nas rendas mensais, no prazo máximo de 60 meses.

Mais informações sobre o concurso estão disponíveis para consulta no site do IASFA, no Portal do Beneficiário do IASFA, nos Centros de Apoio Social do IASFA (contactos) e ainda na Área de Habitação da Divisão de Gestão de Património do Instituto.

O concurso está aberto por 30 dias, até 5 de fevereiro, e podem concorrer todos os militares e pessoal militarizado dos quadros permanentes das Forças Armadas, nas situações de ativo, reserva e reforma.

- Publicidade -

1 Comentário

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes