fbpx

12ª Festa do Cinema Italiano foi a que teve mais espectadores até hoje

Ainda faltam as contas finais, é certo, mas o total de espectadores nas salas durante a 12ª Festa do Cinema Italiano ultrapassou os 15 mil espectadores, só em Lisboa. São números de celebrar, uma vez que este festival de cinema irá agora seguir para mais cidades de norte a sul do país.

De resto, é de realçar os filmes que ganharam prémios. Comecemos por Figlia mia, segunda longa-metragem de ficção de Laura Bispuri, que foi o grande vencedor do Prémio do Júri da 12ª Festa do Cinema Italiano. Figlia mia foi escolhido “pelo retrato de uma Sardenha quase selvagem e de uma criança perdida entre duas mulheres”, segundo adiantaram os membros do júri, Ana Cabral Martins e Marco Martins.



Já o vencedor do Prémio do Público TVCine & Séries foi Bangla, primeira obra de Phaim Bhuiyan e que, curiosamente, é também protagonista deste filme sobre um rapaz, de 22 anos, com origens do Bangladesh, que vive em Torpignattara, nos subúrbios de Roma.

De realçar ainda os convidados presentes na 12ª Festa do Cinema Italiano, casos de Alessandro Borghi, Matteo Rovere, Leonardo Guerra Seragnoli e Claudio Giovannesi, entre outros.

Entretanto, a 12ª Festa do Cinema Italiano seguirá para Abrantes (1, 8 e 15 de maio, no Cineclube – Espalhafitas), Beja (7 a 9 de maio, no Pax Júlia Teatro Municipal), Évora (14 a 17 de maio, no Auditório Soror Mariana), Tomar (14 a 18 de maio, no Cine-Teatro Paraíso), Caldas da Rainha (de 21 a 23 de maio, no CCC), Loulé (de 23 a 26 de maio, no Cine-Teatro Louletano), Funchal (setembro), Angra do Heroísmo, Santa Cruz da Graciosa, entre outras.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,793FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
631SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Festival Gastronomia de Bordo acontece em Peniche já em outubro

Este ano, o festival Gastronomia de Bordo em Peniche adaptou-se às novas circunstâncias e fica circunscrito à experimentação dos pratos em apenas alguns restaurantes.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.
- Publicidade -

Mais Recentes

Super Smash Bros. Ultimate recebe personagens de Minecraft

Steve, Alex e Enderman serão personagens jogáveis no jogo de luta da Nintendo.

Super Bock Sem Glúten? Sim, existe

É a primeira cerveja nacional aprovada pela Associação Portuguesa de Celíacos.