fbpx

Xiaomi Mi 10 Pro é oficial e é, até à data, o melhor smartphone para fotos

Quem o diz são os especialistas da DxOMark, que já tiveram oportunidade de analisar o Xiaomi Mi 10 Pro. Ou seja, com 124 pontos na pontuação geral da câmara, este smartphone afirma-se como o melhor do mercado neste momento para fotografias, ultrapassando até o Huawei Mate 30 Pro 5G. Atenção, nesta lista não está ainda o novíssimo Samsung S20 Ultra 5G, pelo que o panorama pode mudar em breve.

Mas vamos ao Xiaomi Mi 10 Pro, que foi oficialmente apresentado juntamente com a versão base Mi 10. Os equipamentos foram apresentados esta quinta-feira, dia 13 de fevereiro, na China, e já deixaram os fãs a salivar.

Comecemos por falar no modelo mais fraco, o Mi 10. Na frente tem um ecrã AMOLED curvo de 6,67″ com resolução Full HD+, taxa de atualização de 90Hz e uma câmara de selfies com 20MP em formato punch-hole.

No interior, o Xiaomi Mi 10 conta com o novíssimo topo de gama da Qualcomm, o processador Snapdragon 865, bem como opção de até 12GB de RAM, até 256GB de memória interna e uma bateria de 4,780mAh com suporte para carregamento rápido a 30W.

Quanto às câmaras traseiras, são quatro: um sensor principal de 108MP (ISOCELL Bright HMX), uma wideangle de 13MP e mais dois sensores com 2MP cada.

Já o modelo Mi 10 Pro partilha algumas características com o modelo base, como o ecrã, processador, RAM e câmara frontal. Porém, esta versão dá uma melhor experiência fotográfica.

Assim, conta com uma câmara principal de 108MP, uma short telefoto de 12MP e uma long telefoto de 8MP. Há ainda uma grande angular de 20MP. Podem parecer meras especificações técnicas, mas é certo que os resultados devem ser impressionantes.

Xiaomi Mi 10 Pro

O armazenamento interno pode ir até aos 512GB neste caso e, no que toca à bateria, é um pouco menor que o modelo Mi 10, sendo de 4500mAh, mas com a vantagem de carregamento super rápido de 50W, o que, na prática, significa que o smartphone ficará totalmente carregado em 45 minutos. Já o carregamento wireless é de 30W, que é o mesmo valor aplicado ao carregamento com fios da versão base.

Comum a ambas as versões é o suporte a Wi-Fi 6, Bluetooth 5.1, Hi-Res Audio (embora com melhor qualidade no Mi 10 Pro) e o facto de conterem a MIUI 11 baseada no Android 10.

Por último, os modeloss também diferem no preço. Assim, e isto falamos da conversão de iuanes para euros, a versão mais barata do Mi 10 (8GB de RAM + 128GB memória interna) custa 526€, ao passo que a versão de 12GB e 256GB de armazenamento tem um preço de 618€.

Já o modelo Mi 10 Pro começa nos 658€ (8GB de RAM + 256gb de memória interna), podendo chegar a um máximo de 789€ no modelo de 12GB e 512GB de armazenamento.

Atenção, estes preços não os oficiais para a Europa, pelo que, quando chegar ao velho continente, é de esperar que estes preços atinjam outro nível. Por outras palavras, o low-cost não se aplica a estes novos terminais da Xiaomi.

Soube-se também que, na China, em todas as lojas, os novos smartphones esgotaram em apenas 60 segundos, rendendo 26 milhões de euros em vendas à Xiaomi. No entanto, a empresa não referiu ao certo quantas unidades foram vendidas.

Entretanto, irá acontecer uma nova fase de vendas na China, já a 21 de fevereiro. Por cá temos mesmo de esperar, a não ser que entretanto o dispositivo chegue a Espanha e consigamos encomendar para Portugal.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Melhorias na comunicação e maior controlo sobre a privacidade são algumas das novidades do Android 11

E claro, os smartphones Pixel já podem ser atualizados para a mais recente versão.

Mi Store do Centro Comercial Colombo inaugurada a 15 de setembro

O evento de inauguração poderá ser acompanhado via streaming.
- Publicidade -

Mais Recentes

NOS lançou tarifário 5G pensado para localizadores e alarmes

É a primeira oferta de Narrowband-IoT (NB-IoT) para o segmento consumo e os tarifários permitem ligar objetos inteligentes.

King C. Gillette. Nova marca apresenta-se como a “mais completa de produtos para homens com pelo facial”

A nova marca da P&G inclui 11 produtos essenciais para aparar, barbear e cuidar do pelo facial.