A Xbox Series X e Series S prometem retrocompatibilidade de jogos com o melhor desempenho possível

Os teus jogos da Xbox vão correr melhor do que nunca.

Xbox Series X e Series S retrocompatibilidade
- Publicidade -

A equipa da Xbox revelou novos detalhes sobre a retrocompatibilidade dos jogos de gerações anteriores, que prometem correr com o melhor desempenho possível, de forma nativa e sem truques ou modos especiais.

Através de uma publicação no portal de notícias da Xbox, a equipa de desenvolvimento da consola explica que a retrocompatibilidade de jogos na Xbox Series X e Series S é uma continuação do programa iniciado em 2015 para a Xbox One, que eventualmente recebeu a possibilidade de correr jogos da Xbox 360 e Xbox normal, para surpresa de todos os seus utilizadores.

Após mais de meio milhão de horas de testes, o início da nova geração promete agora uma compatibilidade extensa ao longo de quatro gerações, incluindo a nova, onde se incluem milhares de jogos de gerações passadas.

Mas a retrocompatibilidade chega à Xbox Series X e Series S com melhorias, como tempos de carregamento mais rápidos, a introdução de HDR automático em jogos que não incluíam a função, taxas de framerate mais elevadas e, claro, resoluções superiores.

Xbox Series X e Series S retrocompatibilidade

Segundo a publicação original, pode ler-se que ”a retrocompatibilidade vai permitir que os jogos corram nativamente na Xbox Series X e S, recorrendo ao poder total do CPU, GPU e SSD. Sem boost mode, sem downclocking, o potencial completo das consolas para cada jogo antigo compatível. Isto significa que todos os jogos correrão ao máximo desempenho para o qual foram destinados, com desempenho aumentado face ao seu lançamento original, resultando em taxas de frames mais altos e estáveis com o máximo de resolução e qualidade de imagem”.

A publicação vai ainda mais além e explica também que isto será possível graças a uma nova tecnologia que duplica a taxa de frames dos jogos, para ficarem mais fluidos, dando o exemplo de um dos jogos mais instáveis da geração passada, Fallout 4, que se apresenta agora na Xbox Series S a 60fps sem grande dificuldade.

No que toda a resoluções, algumas dúvidas são esclarecidas, com a Xbox Series X e Series S a confirmarem uma apresentação de imagens a 4K, para a Series X, e 1440p, para a Series S, numa seleção de jogos da Xbox 360 e da Xbox Original. Uma melhoria que só era possível na geração atual na Xbox One X.

Xbox Series X e Series S retrocompatibilidade

A lista completa de jogos de gerações antigas compatíveis na Xbox Series X e Series S ainda não é conhecida, mas, para já, tudo aponta para que qualquer jogo lançado para uma Xbox funcione nas novas consolas, exceto jogos exclusivos do Kinect, equipamento não compatível com as novas máquinas.

Já falta pouco para ficarmos a saber mais sobre o desempenho das máquinas, mais especificamente no máximo até dia 10 de novembro, quando as Xbox Series X e Series S chegarem às lojas por 499,99€ e 299,99€, respetivamente.

Fonte:Xbox
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

The Outer Worlds e Wreckfest recebem suporte de 60FPS nas novas consolas

Há mais jogos a tirarem partido das capacidades das novas máquinas.

Os jogos da Bethesda invadem o Xbox Game Pass já esta semana

Aos jogos já existentes, juntam-se mais uma dúzia de novos títulos.

Mortal Shell recebe otimização para PlayStation 5 e Xbox Series X|S

Mortal Shell recebe otimização para PlayStation 5 e Xbox Series X|S

Metro Exodus recebe uma edição melhorada para PC e atualização para PlayStation 5 e Xbox Series X|S

O aclamado jogo da Deep Silver e da 4A Games vai ter suporte ray-tracing completo e muito mais.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

La Picanha ganha novo espaço em Setúbal já em maio

Vai ter uma mega esplanada, o que é ótimo tendo em conta a pandemia.

Fórmula 1 – Grande Prémio de Emilia Romagna com emoção até à última volta

Depois de 15 dias de pausa, a prova rainha do desporto automóvel está de regresso para o Grande Prémio de Emilia Romagna, em Itália.

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.