Grupo Volkswagen inicia testes para estacionamento autónomo

As marcas Audi e Volkswagen estão atualmente a testar o estacionamento autónomo no aeroporto de Hamburgo, para implementação em veículos de produção em série a partir de 2020.

- Publicidade -

No cenário de teste, os utilizadores podem reservar um espaço de estacionamento no aeroporto de Hamburgo a partir de casa, utilizando uma aplicação, e, depois, simplesmente deixar o carro na entrada do estacionamento. Tudo o resto é realizado automaticamente. Neste caso, o veículo procura um espaço de estacionamento gratuito, se necessário, numa estação de carregamento elétrico com base num mapa do estacionamento. Está previsto que este sistema esteja disponível para os primeiros clientes em vários andares de estacionamentos selecionados a partir do início da próxima década.

A orientação é fornecida aos veículos por marcadores pictóricos instalados no parque de estacionamento, uma abordagem que pode ser usada em praticamente qualquer estacionamento.

Enquanto o dono do veículo estiver ausente, as encomendas que ele espera são entregues no porta-bagagens do veículo e o serviço de lavandaria realiza a entrega das roupas diretamente no veículo. Ao regressar, o condutor envia uma breve mensagem através da app e, pouco tempo depois, o veículo está pronto para ser conduzido para casa, encontrando-se parado na saída do parque. A faturação é rápida e sem filas na máquina de pagamento, efetuando-se também através da aplicação.

O Grupo Volkswagen irá expandir o estacionamento autónomo em etapas, com prioridade máxima na segurança. Na primeira fase, será possível utilizar o estacionamento autónomo em parques de estacionamento com vários andares, num fluxo de tráfego exclusivo, ou seja, em áreas separadas do parque de estacionamento, inacessíveis às pessoas.

A próxima etapa será a operação em tráfego misto, ou seja, veículos estacionados e movimentados de forma autónoma nas mesmas áreas do estacionamento, como carros com condutores.

Os veículos com a função de estacionamento autónomo serão todos equipados com um sistema de reconhecimento de ambientes ativos. Como tal, serão capazes de reconhecer objetos e reagir de acordo, seja contornando-os, travando ou imobilizando-se completamente. Para isso, os veículos são equipados com um conjunto de sensores, incluindo, por exemplo, ultrassons, radares e câmaras. Os dados são processados numa unidade de controlo central localizada no veículo.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Sabiam que é proibido deixar veículos com informação sobre a sua venda em parques de estacionamento?

Não só a venda é proibida, como é considerado estacionamento indevido ou abusivo, dando direito a coima.

EMEL volta a cobrar estacionamento e introduz novas tarifas

Até aqui existiam três tarifários, divididos por cores. Mas isso agora mudou.

Já sabemos os preços do novo Volkswagen ID.3 em Portugal

Portugal terá somente direito a um total de 80 veículos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Governo quer passar Península de Setúbal para NUT II devido a apoios comunitários

Um pedido que será feito à União Europeia em fevereiro de 2022.

Há novas lojas Meu Super em Rio de Mouro e Alcochete

Em 10 anos, o Meu Super abriu cerca de 300 lojas em todo o país, com uma área total de venda 50 mil m2 e criou 1500 postos de trabalho.