Vodafone ajuda no combate à pandemia através de solução de monitorização remota

O Hospital Garcia de Orta e Hospital Santa Maria estão a usar uma solução IoT da Vodafone.

monitorização remota

A Vodafone Portugal desenvolveu uma solução de apoio à telemedicina, com monitorização remota, que está a ser utilizada para ajudar as vítimas da pandemia provocada pelo novo coronavírus nos hospitais Garcia de Orta, em Almada, e no Centro Hospitalar Lisboa Norte, Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

O recurso a esta solução de Internet of Things (IoT) permite a estes hospitais anteciparem o regresso a casa dos pacientes infetados com a Covid-19, internados nestas instituições de saúde, ao garantir um acompanhamento médico remoto permanente e uma monitorização em tempo real da evolução do estado de saúde dos doentes.

Na prática, os doentes que, após receberem tratamento hospitalar, cumpram os requisitos médicos para continuar a terapêutica em casa, levam consigo um kit médico: um tablet, um termómetro, um oxímetro, um medidor de tensão, uma balança, um glucómetro e um botão de pânico, para que possam sentir-se sempre acompanhados por um profissional de saúde ou por um cuidador profissional.

Todos os sensores estão ligados a um Health Hub, não precisam de ser emparelhados e ligam-se automaticamente. A solução funciona mesmo se o tablet estiver desligado ou sem bateria.

Sigam-nos

10,855FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

MEO, NOS e Vodafone vão apresentar 30 segundos de publicidade nas gravações automáticas

O sistema já está ativo na MEO e entra em funcionamento a 17 de agosto na Vodafone e NOS.

Depois da NOS e MEO, também a Vodafone aderiu ao eSIM

É a última das três principais operadoras de telecomunicações em Portugal a apostar nesta tecnologia.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Governo renova Estado de Calamidade em todo o país até 15 de novembro

E algumas medidas especiais foram alargadas a outros concelhos.

LXeeseCake fecha lojas físicas e passa a aceitar apenas encomendas

Portanto, a única possibilidade agora é provar estes cheesecakes feitos de forma 100% artesanal no conforto do lar.