Vodafone ajuda no combate à pandemia através de solução de monitorização remota

O Hospital Garcia de Orta e Hospital Santa Maria estão a usar uma solução IoT da Vodafone.

monitorização remota
- Publicidade -

A Vodafone Portugal desenvolveu uma solução de apoio à telemedicina, com monitorização remota, que está a ser utilizada para ajudar as vítimas da pandemia provocada pelo novo coronavírus nos hospitais Garcia de Orta, em Almada, e no Centro Hospitalar Lisboa Norte, Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

O recurso a esta solução de Internet of Things (IoT) permite a estes hospitais anteciparem o regresso a casa dos pacientes infetados com a Covid-19, internados nestas instituições de saúde, ao garantir um acompanhamento médico remoto permanente e uma monitorização em tempo real da evolução do estado de saúde dos doentes.

Na prática, os doentes que, após receberem tratamento hospitalar, cumpram os requisitos médicos para continuar a terapêutica em casa, levam consigo um kit médico: um tablet, um termómetro, um oxímetro, um medidor de tensão, uma balança, um glucómetro e um botão de pânico, para que possam sentir-se sempre acompanhados por um profissional de saúde ou por um cuidador profissional.

Todos os sensores estão ligados a um Health Hub, não precisam de ser emparelhados e ligam-se automaticamente. A solução funciona mesmo se o tablet estiver desligado ou sem bateria.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,770FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Chegaram os novos Cheerios Aveia

Tal como toda a gama de cereais de pequeno-almoço Nestlé, também os novos cereais Cheerios têm uma embalagem 100% reciclável.

Milaneza passa a sugerir receitas com a ajuda de um bot no Facebook

Basta enviar uma mensagem à marca naquela rede social e seguir os restantes passos.