Vivarium Festival: O mais novo festival de new media português

por Echo Boomer

Nasce no Porto e tem por base os cruzamentos entre o homem e a tecnologia. Chama-se Vivarium Festival, vai decorrer entre 24 e 25 de março no Maus Hábitos, no Porto, e é o novo festival internacional de new media.

“O evento vai pensar o lugar do corpo e a da intimidade num tempo em que o digital, a tecnologia e as inteligências artificiais parecem contaminar a experiência humana. Estão prometidos workshops, performance, concertos, livros e dança, num alinhamento que provoca encontros inusitados entre a cultura humanista e a cultura cibernética”, revelou a organização em comunicado.

É de destacar a estreia nacional de Marco Donnarumma, nome essencial da media arte contemporânea, que se tem distinguido pela capacidade de usar a tecnologia emergente na construção de obras que são, ao mesmo tempo, íntimas e poderosas, oníricas e intransigentes, sensuais e conflituosas. No Porto, o artista mostrará “Corpus Nil”, um ritual de nascimento para um corpo modificado, com a qual ganhou o prémio internacional Ars Electrónica Center.

Ainda no campo performativo, o público poderá apreciar a performance inédita de Jonathan Schatz (bailarino e coreógrafo) e Nicolat Canot (músico), “In Vitro”. Já a representar Portugal, Pedro Oliveira, baterista de peixe:avião apresenta “Krake“, o seu projeto experimental profundo e cheio de humor; já Ícaro Pintor e Joaquim Pavão apresentam “Ifsting Split”, uma performance multidisciplinar.

No que toca a artes visuais, estarão expostos trabalhos de Silvestre Pestana, Miguel Palma, Diogo Tudela e Nerea Castro. Quanto à literatura, Gonçalo M. Tavares orientará um workshop baseado no livro “Atlas do Corpo e da Imaginação“, sendo ainda um dos convidados da conversa “Questões Éticas e Estéticas Abertas pela Revolução Digital“, que contará também com António Cerveira Pinto, diretor artístico do The New Art Fest, e moderação de Marta Bernardes.

No festival, haverá ainda tempo para discutir o “Techno-fascismo e Estruturas Expostas“, pelas vozes de Diogo Tudela e Ana Carvalho, e na noite de sábado, primeiro dia do festival, haverá ainda um festa clubbing.

O festival é, quase todo ele, gratuito, à exceção da noite de sábado (Marco Donnarumma + Clubbing), em que os bilhetes estarão à benda por oito euros na pré-venda, limitada a 80 bilhetes, e, após essa fase, passam a custar 10 euros. Já o workshop de Gonçalo M. Tavares custa 30 euros e as inscrições devem ser feitas à parte através do email sacoazul@maushabitos.com. O workshop é limitado a 30 lugares.

Será ainda possível comprar bilhete para a componente clubbing do evento, com nomes a anunciar em breve.


 

Também pode interessar

Deixa um comentário

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: