fbpx

Em breve vão poder ver as vossas séries da Netflix favoritas mais depressa

A nova função de velocidade já chegou a alguns utilizadores.

valor das

A Netflix começou a atualizar as suas aplicações Android com uma funcionalidade tão útil como controversa: a possibilidade de controlar a velocidade de visualização dos seus conteúdos.

A atualização, que começou a chegar a alguns utilizadores, vai permitir ativar velocidades até 0.5x mais lentas e 1.5x mais rápidas nas séries da Netflix, um pouco à semelhança do que encontramos por exemplo no YouTube.

A função é opcional e, segundo o portal The Verge, que já teve acesso à função, não fica ativo permanentemente. Ou seja, ao mudarem de conteúdo, a plataforma de streaming volta à velocidade normal, isto de forma a que os utilizadores não assistam a conteúdos a alta ou baixa velocidade de forma acidental.

Esta opção é vista como controversa aos olhos de realizadores, criadores e até a algum público, condenando a forma como estas opções estragam e afetam a experiência de consumo de filmes e séries. No grupo de personalidades mais vocais contra esta função encontramos Aaron Paul (Breaking Bad, Westworld), Brad Bird (The Incredibles) e Judd Apatow (Girls, The 40 Year-Old Virgin), que argumentam que os distribuidores não devem alterar a forma como o conteúdo é apresentado.

Contudo, poderá ser bastante útil para aqueles que querem acelerar as suas sessões de maratonas entre séries, que possam até já ter visto mais do que uma vez e querem avançar rapidamente alguns pontos de história, um pouco um regresso aos tempos das VHSs e DVDs onde tinhamos o botão de fastforward.

Fonte:The Verge
- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,789FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
631SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.
- Publicidade -

Mais Recentes

LISBOA ZERO. A plataforma que vem combater o desperdício alimentar

Esta plataforma tem como cidade piloto Lisboa, mas o objetivo é ser replicada mundialmente, combatendo o desperdício alimentar.

Crítica – Greenland

Um par de cenas entusiasmantes e um elenco decente não conseguem livrar Greenland do desastre que é.