Finalmente: vamos poder navegar na Internet enquanto estivermos a viajar de avião (pelo menos na Europa)

- Publicidade -

Tudo graças às capacidades do 5G.

Por esta altura, já todos sabemos que o modo avião é obrigatório quando viajamos nesse meio de transporte, uma vez que se trata de uma maneira rápida de desativar todas as comunicações sem fios do nosso equipamento, seja dados móveis, Bluetooth e NFC. Tudo para evitar interferências com os sistemas informáticos da aeronave.

Ora, e embora algumas companhias aéreas tenham o seu próprio sistema de Wi-Fi a bordo, mas que não é gratuito e que somente pode ser utilizado a partir de determinada altitude – não esquecendo os momentos de descolagem e aterragem, claro -, temos sempre de ligar esse modo. Por um lado, tem vantagens: obriga-nos a estar desligados do online, ao mesmo tempo que poupamos bateria no nosso equipamento. Por outro, é algo limitador no mundo atual. Mas isso vai mudar em breve, pelo menos na Europa.

Desde 2008 que a Comissão Europeia decidiu reservar determinadas frequências para comunicações móveis em aviões, permitindo às companhias aéreas fornecer serviços de mensagens, chamadas telefónicas e serviços de dados aos passageiros que voam na União Europeia (EU). Mas hoje houve uma mudança que abre o caminho para a implantação generalizada de serviços 5G.

Isto quer dizer que, em breve, as companhias aéreas poderão fornecer a mais recente tecnologia 5G nos seus aviões, a par das gerações anteriores de tecnologia móvel, assim que certas frequências para a tecnologia 5G foram designadas para esse mesmo uso.

Na prática, os passageiros a bordo de voos na UE poderão utilizar os seus telemóveis no máximo das suas características, tal como se estivessem em terra. No entanto, será necessário um equipamento de rede especial, o “pico-cell”, que as companhias aéreas terão de instalar para tornar este serviço possível. Só assim será possível encaminhar chamadas, textos e dados normalmente através de uma rede de satélite, entre o avião e a rede móvel em terra. Mais detalhes serão divulgados em breve.

A Comissão Europeia também alterou uma decisão de implementação sobre as bandas de frequência de 5GHz, que torna as bandas disponíveis para Wi-Fi no transporte rodoviário, como em automóveis e autocarros.

De acordo com a alteração da decisão de implementação, os Estados-Membros devem disponibilizar as bandas de frequência de 5GHz para utilização a bordo dos veículos rodoviários o mais cedo possível e, o mais tardar, até 30 de junho de 2023.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes