Ultra TV, o projeto que quer criar a televisão interativa de nova geração

- Publicidade -

É este o nome do projeto que visa a criação da televisão interativa de nova geração, marcada por um vasto ecossistema de aplicações que permitirão suportar um serviço com as funcionalidades mais avançadas do mercado. O Instituto de Telecomunicações (IT) é uma das entidades que participa no projeto liderado pela Altice Labs e que conta, ainda, com a colaboração da Universidade de Aveiro. Refira-se que a equipa de investigação do IT está, neste momento, a testar os modelos de interação e o acesso aos conteúdos, através de novas interfaces gráficas de televisão, com o objetivo de proporcionar uma elevada qualidade de experiência de visualização ao utilizador.

E para que todos os conteúdos sejam visualizados com a máxima qualidade – esteja o consumidor em casa, na rua ou num comboio –, o IT está a desenvolver mecanismos que permitem adaptar a entrega desses mesmos conteúdos à qualidade das redes de comunicação. A equipa está a trabalhar, ainda, no sentido de prever as necessidades e a localização dos utilizadores, permitindo que estes visualizem os conteúdos com a melhor qualidade possível (mesmo que em movimento), e a otimizar as condições da rede e o modelo de distribuição de forma integrada. O IT pretende, em suma, que todo o ecossistema da televisão da nova geração use tecnologias de distribuição adaptativa como base para a transmissão de conteúdos, para que seja o mais agnóstica possível às condições das redes de comunicação.

As particularidades que a televisão de nova geração tem para oferecer pretendem assumir-se como elementos distintivos e aliciantes para as camadas jovens, que possuem um padrão de visualização disperso por vários dispositivos e cada vez mais distante da televisão. Saliente-se que o “Ultra TV” demonstra a posição pioneira que a Altice Labs ocupa no que à inovação e desenvolvimento diz respeito e alavanca a importância dos avanços e contributos científicos da Universidade de Aveiro e do Instituto de Telecomunicações.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes