Ubisoft Plus Multi Access chega a Portugal em setembro

- Publicidade -

A subscrição multiplataforma da Ubisoft expande-se para novos mercados.

Tal como a Xbox tem o Xbox Game Pass, a PlayStation tem o PS Now e a Electronic Arts tem o EA Play, também a Ubisoft explora o acesso à la carte com o seu Ubisoft Plus (antigamente conhecido como UPlay), que oferece um extenso catálogo de jogos da Ubisoft e parceiros a troco de uma mensalidade.

Em breve, ainda em período experimental, a Ubisoft vai expandir a sua oferta com a chegada do Ubisoft+ Multi Access aos serviços de streaming, neste caso através do Google Stadia, em territórios como Portugal.

Assim, graças ao serviço gratuito do Stadia, os jogadores poderão adquirir a mensalidade do Ubisoft+ e jogar qualquer jogo do seu catálogo, sem necessidade de uma consola ou um PC de jogos, tudo apenas através do streaming.

Como incentivo de boas vindas, e com data marcada para 30 de setembro, os utilizadores que quiserem tirar partido desta novidade poderão ligar a sua conta Ubisoft ao Google Stadia até ao dia 29 de setembro e começar a jogar por 14,99€ e manter este valor mensal enquanto estiverem subscritos. Depois, passa a 17,99€/mês.

Pode não ser o valor mais aliciante, especialmente comparado com as concorrências, mas pode ser uma excelente alternativa para quem for muito fã de sagas como Watch Dogs ou Assassin’s Creed e não tem uma máquina de jogos ou não pode comprar estes jogos que são normalmente caros.

Fonte:Ubisoft
- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

O Ubisoft Plus vai chegar à PlayStation

Os jogadores da PlayStation vão, em breve, poder subscrever o serviço à la carte da Ubisoft.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.