Uber Eats for Business permite que as empresas criem vouchers para enviar refeições ou organizar eventos

Perfeito para o jantar de Natal deste ano, que terá de ser à distância.

Uber Eats for Business
- Publicidade -

Na semana passada, revelámos aqui no Echo Boomer que a Glovo tinha uma solução para os típicos jantares de Natal de empresa, mas à distância. Isto porque, em ano de pandemia, não é correto promover ajuntamentos.

Pois bem, eis que a Uber Eats acaba de criar algo semelhante… mas mais abrangente. O novo serviço Uber Eats For Business, integrado no Uber for Business, é dedicado a empresas e, como tal, permite criar vouchers para que os colaboradores possam celebrar a época festiva.

Este novo serviço vem também responder ao interesse das empresas que procuram apoiar colaboradores que trabalham em casa ou que têm opções limitadas relativamente às refeições durante as deslocações. Além de apoiar a produtividade dos funcionários e reforçar o distanciamento social, o Eats on Uber For Business permite ampliar o mercado de entrega para os restaurantes parceiros do Uber Eats ao garantir o acesso a um maior volume de pedidos.

Assim, a criação de vouchers serve para suportar as refeições de um evento virtual, para servir uma reunião com clientes, para moralizar os funcionários ou como um extra dos próprios produtos das respetivas empresas.

E graças à faturação direta e centralizada, os funcionários podem evitar várias etapas administrativas e economizar tempo ao cobrar automaticamente os pedidos na conta da empresa no caso da refeição estar contemplada nos parâmetros definidos pela mesma. Os funcionários podem gerir os seus pedidos através de um perfil de negócios na aplicação ou site do Uber Eats.

A criação dos vouchers não tem nada que saber. As empresas devem criar o programa aqui, escolher “criar novo voucher” e selecionar “Uber Eats Voucher”. A partir daí, devem definir os detalhes do voucher: tipo (crédito ou percentagem de desconto), nome, validade, utilizadores, entre outros parâmetros.

Por último, devem definir o método de distribuição: link único; links individuais, botões digitais. Basta, depois, que os utilizadores aceitem o voucher para que fiquem com um meio de pagamento adicional na app.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Croissant da Vila tem um versão de Natal do seu croissant gigante

Dizem que é uma "delícia que irá tornar o centro da mesa absolutamente irresistível".

KFC abre novo restaurante em Gaia

E fora de um centro comercial.