Tudo o que precisas para um setup gamer

- Publicidade -

Qualquer jogador sabe que ter um setup aprimorado pode fazer toda a diferença nas nossas aventuras e sessões de jogo. De um computador capaz de correr os melhores jogos, passando por simples cadeiras de escritório, há uma série de componentes que devemos considerar quando construímos o nosso setup. E hoje, vamos apontar os mais importantes.

Para começar, como é obvio, vamos precisar de um computador capaz de correr os jogos mais modernos. Isto significa um processador poderoso, muita RAM, uma placa gráfica dedicada, entre outros componentes. Mas também é possível ter uma excelente experiência com um orçamento mais apertado. Para os que procuram uma experiência sem compromissos, a AMD oferece processadores como o AMD Ryzen 9 7950X, e a Intel o Intel Core i9-13900K, e, no que toca a gráficas, temos a AMD Radeon RX 7900 XTX ou a NVIDIA GeForce RTX 4090.

No entanto, segundo os inquéritos da Steam, não precisamos de gastar milhares de euros para jogar, já que o PC mais popular dos jogadores de todo o mundo, usa, por exemplo, uma NVIDIA GeForce GTX 1650, 16GB de RAM e processadores com velocidades entre o 2.3Ghz e os 2.69Ghz.

Sem um ecrã, não há jogos para ninguém. E hoje temos a felicidade de ter monitores com painéis dedicados a jogos, com tempos de resposta ultrarrápidos e uma reprodução de cores incrivel, para tornar os jogos mais vivos e imersivos. Apesar do empurrão das consolas para o mundo do 4K, e da popularidade dos monitores 1080p, é nos 1440p que começamos a encontrar o ponto perfeito entre custo e desempenho, com imagens claras e ricas nos tamanhos médios de um monitor de secretária de 27 polegadas.

Para além da resolução, para jogos fluidos e uma experiência agradável, é importante olhar para a velocidade de atualização do ecrã, que hoje não deverá ser menos de 120Hz, como as consolas de sala propõme. Sendo que o ideal é mesmo um monitor de 144Hz.

E com a imagem acompanha-se o som. E há duas formas de criar o setup perfeito, formas essas que podem ser complementares. Por um lado, temos os headsets para jogos, agora com capacidades de som imersivo com o Dolby Atmos, e capacidades comunicativas para sessões de jogos online graças aos microfones incluídos. E podemos procurar por headsets com ou sem fios. Neste ponto recomendamos o uso de headsets com fios, que garantem maior qualidade de sinal e zero latência. Mas felizmente não faltam opções wireless, com adaptadores próprios que já oferecem experiências sem compromissos.

A segunda forma é explorar um par de colunas, ou até uma soundbar própria para a secretária. Por um lado, o setup fica mais rico e a nossa cabeça livre de equipamentos, mas, se tivermos mais pessoas em casa ou vizinhos mais fáceis de irritar, talvez não seja a melhor opção para os jogos mais bombásticos.

E tudo se controla de teclado e rato, ou com um comando à maneira. No mundo dos teclados e ratos, há um pouco de tudo para diferentes tipos de utilizadores, e a preferência dos jogadores recai no que é mais satisfatório, preciso e rápido de se usar. É aqui que entram os teclados mecânicos, que, para além de extremamente duradouros, oferecem uma experiência de clique muito satisfatória, estão preparados para a personalização e, acima de tudo, destacam-se pelos tempos de atuação extremamente rápidos, resultando numa solução muito procurada por jogadores mais competitivos.

Semelhante temos os ratos para jogos, onde para além de, cada vez mais, também abraçarem botões de clique mecânicos, apresentam mais oportunidades de personalização, mais botões de atalhos e uma precisão extrema. Tal como os auscultadores, apesar de as soluções wireless serem mais apetecíveis, são as soluções com fios as mais interessantes, pois não só garantem o máximo de desempenho, como por vezes são mais acessíveis.

Se a preferência for um comando, as escolhas mais comuns são mais simples, com a PlayStation e a Xbox a proporem os seus comandos oficiais, que hoje em dia são suportados por qualquer jogo de PC.

Para além de periféricos, o conforto e a ergonomia são dois pontos muito importantes para um setup para jogos. É aqui que entra o nosso último ponto, com cadeiras próprias para jogadores. Pode parecer supérfluo ou demasiado, mas a verdade é que, tal como as cadeiras de escritório tradicionais, para quem passa horas a fio em mundos virtuais, é necessário ter em atenção a saúde das nossas costas.

As cadeiras para jogadores destacam-se, assim, por serem desenhadas para este efeito, com posturas melhoradas para reduzirem a fadiga muscular. São construídas com materiais especializados como almofadas de alta densidade e apoios próprios para o braço, incluem normalmente apoios lombares e, em alguns casos, até apoios para guardar acessórios.

E estes são alguns dos aspetos mais importantes na construção de um setup gaming, que são apenas a base principal. Depois disto, basta deixarem a criatividade fluir para decorarem a vossa battlestation à vossa maneira.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes