Trotinetes elétricas da Flash já chegaram ao concelho de Almada

por Echo Boomer

Depois de Faro, Lisboa, Coimbra e ainda esta semana a cidade da Maia, a Flash na primeira marca de micromobilidade a operar em Almada e no distrito de Setúbal, reforçando o estatuto de operadora de trotinetes eléctricas que em mais cidades opera em Portugal.

Assim, as trotinetes elétricas da Flash já estão disponíveis na Costa da Caparica, depois de Almada ter decidido lançar numa fase experimental uma rede de partilha de trotinetes em todo o município.

As trotinetes da Flash já estão disponíveis na zona circundante ao Surf Fest, festival que está a ter lugar na Costa da Caparica até 20 de Abril. Nesta primeira fase, estão disponíveis 11 pontos de partilha de trotinetes ao longo do espaço onde decorre o Surf Fest.



Após o evento, a WeMob, a empresa municipal de mobilidade de Almada, irá trabalhar em conjunto com a Flash para alargar a rede de pontos de partilha de trotinetes para outras zonas do concelho.

De realçar que esta é ainda uma fase de período experimental, para perceber as necessidades da população e dos turistas e oferecer as melhores soluções de mobilidade. O objetivo é que as Flash sirvam como complemento aos transportes públicos.

A empresa terá uma frota de trotinetes na cidade, que incluirá dois modelos de trotinetes, um deles o novo modelo próprio da empresa, que inclui suspensões reforçadas, travões duplos, leds de sinalização e rodas maiores.

Na prática, este modelo permite uma experiência de condução mais segura e completa. Há ainda uma área mais larga para os pés e mais luzes e refletores. Basicamente podemos dizer que esta é uma trotinete evoluída face à concorrência.

A aplicação (disponível para iOS e Android) da plataforma indica diretamente os mais de 30 locais onde se podem deixar as Flash corretamente estacionadas. Como quem diz, são pontos de estacionamento próprios para deixar estas trotinetes. E há um incentivo: quem o fizer terá um desconto de 50% face ao valor de desbloqueio. Ou seja, em vez de se pagar 1€, paga-se somente 0,50€ para desbloquear uma Flash. Já o preço por minuto é igual às outras empresas: 0,15€.



Além disso, também não é necessário fazer um pré-carregamento. Basta adicionar os dados do cartão de crédito que o valor da viagem será descontando assim que terminarem o passeio.

As trotinetes da Flash permite ainda o transporte de mochilas pequenas, têm uma base para copos (ou para colocar outra coisa com um formato semelhante), uma entrada USB e um suporte para telemóveis. Ou seja, ao mesmo tempo que utilizam o GPS (caso seja necessário), podem também carregar o vosso smartphone.

À semelhança do que acontece nas outras cidades portuguesas onde existem as Flash, todos os dias as equipas no terreno irão assegurar o carregamento das baterias, a verificação da segurança das trotinetes, o seu correto estacionamento e a sua colocação nas zonas de estacionamento estabelecidas.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: