Trotinetes da Bird deixam Lisboa… mas apenas temporariamente

Foi em abril do ano passado, quando estávamos no auge da febre das trotinetes, que Lisboa recebeu mais uma empresa do género: a Bird. Agora, menos de um ano após essa estreia, a marca deixa de operar em Lisboa… mas apenas temporariamente.

Em declarações ao portal Quartz, o porta-voz da plataforma, Harry Potter, referiu que “embora as nossas trotinetes tenham sido testadas para funcionar em todas as condições, decidimos fazer uma pausa no nosso serviço”.

Esta pausa afeta também o mercado português, nomeadamente a cidade de Lisboa, onde as trotinetes da Bird estavam presentes. No entanto, o site Dinheiro Vivo afirma que nenhum funcionário foi despedido, até porque já trabalham afincadamente para retomar as operações em março. Além disso, o modelo mais recente da frota, o V1, deverá chegar em breve a Lisboa.

Esta pausa da Bird é também comum a outras cidades europeias, numa altura em que o frio extremo se faz sentir neste Inverno e os pisos escorregadios podem provocar vários acidentes.

Quando chegou a Portugal, a Bird iniciou operações no nosso país com uma frota de 250 trotinetes.

Com esta “baixa” temporária, os lisboetas têm agora à disposição os veículos partilhados da Lime, Jump, Circ, Hive e Frog. Recorde-se que, nos últimos meses, Voi, Wind, Tier e Bungo desistiram de operar em Portugal.

Fonte: Quartz

- Publicidade -

Sigam-nos

10,688FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
622SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Lisboa abre candidaturas para o programa de apoio à aquisição de bicicletas

Na última década, a rede ciclável de Lisboa cresceu de sete quilómetros para cerca de 90...

Depois de Faro, trotinetes da Bolt ficam disponíveis em Lisboa

Já deu para perceber que este negócio das trotinetes partilhadas é muito volátil.
- Publicidade -

Mais Recentes

Portugal vai receber uma prova do Mundial de MotoGP

E à semelhança da Fórmula 1, este GP de Portugal também acontecerá no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

John Wick 5 confirmado para sair logo a seguir ao quarto filme

Os dois próximos episódios vão estrear com um ano de diferença.

Vem aí um jogo de Suicide Squad

Os criadores da série Batman: Arkham estão de volta.