Torres Vedras tem agora um passaporte que convida à descoberta do território

É distribuído gratuitamente aos hóspedes de empreendimento turísticos e estabelecimentos de hospedagem do concelho, no momento do check-in.

- Publicidade -

O Passaporte Cultural e Turístico de Torres Vedras é o novo documento que convida a descobrir o concelho de Torres Vedras. Através da divulgação dos equipamentos culturais e da oferta turística, a iniciativa pretende dinamizar o turismo no território, proporcionando ofertas e descontos no acesso aos seus serviços.

Os portadores do Passaporte podem aceder gratuitamente a nove equipamentos culturais do concelho: Atelier dos Brinquedos, Centro de Artes e Criatividade de Torres Vedras, Centro de Interpretação da Azenha de Santa Cruz, Centro de Interpretação da Comunidade Judaica, Centro de Interpretação das Linhas de Torres Vedras, Centro de Interpretação do Castelo de Torres Vedras, Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino, Museu Municipal Leonel Trindade e Paços – Galeria Municipal de Torres Vedras.

São ainda divulgados 20 espaços de restauração, sete espaços de enoturismo, cinco empresas de animação turística e três centros de saúde e bem-estar, onde a apresentação do Passaporte dará origem a descontos nos seus serviços e produtos. Por exemplo, enquanto há estabelecimentos que oferecem 12% de desconto em refeições, outros oferecem entrada, welcome drink ou sobremesa; descontos em visitas, provas e garrafas de vinho; ou então descontos nos serviços das empresas turísticas e nos centros de bem-estar e saúde

O Passaporte Cultural e Turístico de Torres Vedras encontra-se em versão bilingue (português e inglês) e será disponibilizado gratuitamente nos empreendimentos turísticos e estabelecimentos de hospedagem, com o intuito de ser oferecido aos clientes no momento do check-in.

Para aqueles que não se enquadram, saibam que o passaporte estará à venda nos nos Postos de Turismo de Torres Vedras e de Santa Cruz por 5€. Convém realçar que, assim que forem gastas as visitas e demais benefícios, terão de comprar um novo passe.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Sumol-Compal investe 15 milhões de euros num armazém automático em Almeirim

E irá reduzir a pegada de dióxido de carbono em cerca de 1.000 toneladas por ano.

Mão Morta, Bizarra Locomotiva, Process of Guilt e The Quartet of Woah! no Back to Back Festival

Rock e metal voltam a ouvir-se ao vivo nas salas de espetáculos pelas mãos de quatro dos seus maiores ícones nacionais.

Exames de acesso ao ensino superior poderão ser usados durante quatro anos

E os alunos podem escolher a melhor qualificação se optarem por repetir as provas.