The Witcher: Monster Slayer entra de espada afiada nos smartphones este mês

- Publicidade - trk
- Publicidade -

A aventura de realidade aumentada tem lançamento no Android e iOS.

Desenvolvido pela Spokko, uma das divisões da CD Projekt Red, The Witcher: Monster Slayer é uma nova experiência de The Witcher que converge o nosso mundo com o mundo do jogo, através da realidade aumentada dos nossos smartphones.

Em formato gratuito free-to-play, The Witcher: Monster Slayer define-se como um RPG que, à semelhança de outros jogos de realidade aumentada, foca-se no confronto com criaturas fantásticas, onde os jogadores vão ter que passear ao ar livre, cumprindo missões e em busca de monstros para caçar com recurso a ações touch, com uso de armas e magias.

O jogo encontra-se atualmente em modo de pré-registo na Google Play, mas chegará também ao iOS, via App Store, no dia 21 de julho.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Vem aí uma nova saga de jogos de The Witcher

A CD Projekt Red revelou que está a trabalhar no próximo jogo da saga.

Blood Origin, prequela de The Witcher, recebe o primeiro trailer

O trailer para Blood Origin foi lançado como uma sequência pós-créditos da segunda temporada de The Witcher, para a Netflix.

The Witcher recebe novos trailers e confirmação da 3ª temporada

Geralt de Rivia vai continuar nos nossos ecrãs por mais tempo.

Assetto Corsa Mobile leva a simulação automóvel até aos smartphones

Um dos mais populares simuladores de corridas corre agora no iOS.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Santa Catarina Sushi Bar. O novo restaurante do Chiado tem tudo para conquistar

Além de sushi, há ainda tacos e ceviche, num restaurante super agradável e que vai ao encontro daquilo que os clientes procuram.

Já podem ter uma party night no Mex Factory

O que significa já podem jantar naquele espaço inserido no icónico LX Factory.

Faro e Oeiras avançam com primeiros contratos PRR para 163 casas

Em Faro, o investimento estimado é de 8,2 milhões de euros, ao passo que, em Oeiras, o investimento é de 19,4 milhões de euros.