The National regressam a Portugal para dois concertos

- Publicidade -

Um em Lisboa, outro no Porto.

Os The National são daquelas bandas com um relacionamento especial com o público português. Tal deve-se precisamente às inúmeras presenças no nosso país, seja em nome próprio ou em contexto de festivais. Desta vez, a banda irá regressar em breve a Portugal novamente em nome próprio, desta vez para apresentar o novo álbum First Two Pages of Frankenstein.

Os concertos estão marcados para os dias 5 e 6 de outubro na Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, no Porto, e no Campo Pequeno, em Lisboa, respetivamente.

Estes concertos vêm no seguimento do lançamento do seu nono álbum de estúdio, com edição prevista para 28 de abril. Ancorado por melodias evocativas e uma narrativa lírica cativante, First Two Pages of Frankenstein marca um novo capítulo na adorada discografia da banda. Produzido pelos próprios, o álbum com 11 canções conta com participações especiais de Taylor Swift, Phoebe Bridgers e Sufjan Stevens.

Depois de dois álbuns consecutivos e vários anos ocupados de tour, First Two Pages of Frankenstein estava inicialmente parado enquanto o vocalista Matt Berninger navegava “[num] ponto muito escuro onde não conseguia criar letras ou melodias… embora sempre estivéssemos ansiosos cada vez que estávamos a trabalhar num disco, esta foi a primeira vez que parecia que talvez as coisas realmente tivessem chegado ao fim.” Em vez disso, os The National “[conseguiram] voltar e abordar tudo de um ângulo diferente e, por isso, chegámos ao que parece ser uma nova era para a banda”, afirma o guitarrista/pianista Bryce Dessner, cujos companheiros de banda também incluem seu irmão Aaron (guitarra/piano/baixo) assim como os irmãos Scott Devendorf (baixo, guitarra) e Bryan Devendorf (bateria).

First Two Pages of Frankenstein canaliza a química revitalizada do grupo em um corpo de trabalho que equilibra lindamente a musicalidade elegante com os impulsos mais idiossincráticos da banda. “Para mim, o poder deste disco tem que ver com a intencionalidade e a estrutura da música reunida com muita magia acidental”, diz Aaron Dessner.

Quanto aos bilhetes, são postos à venda dia 27 de janeiro, às 10h, nos locais habituais, e vão dos 42 aos 50€ no Porto e dos 40 aos 50€ em Lisboa.

Todos os subscritores da newsletter da Everything Is New terão acesso à pré-venda dos espetáculos no dia 26 de janeiro, às 10h. Quem estiver inscrito, receberá um email no dia 25 com as instruções em como proceder para aceder à pré-venda.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes