The Insólito apresenta nova carta e outras novidades

Entre o The Independente Hostel com 90 camas individuais, as 22 suites (todas diferentes) do The Independente Suites, os restaurantes The Decadente e The Insólito e em breve com duas novas unidades no Porto, o The House of Sandeman Hostel & Suites e o restaurante The George, o conceito desta marca é focado na arte de receber de forma natural e autêntica com valores assentes na inovação, rigor e família, sendo estes os pilares centrais do projeto iniciado há sete anos por quatro irmãos: Duarte, Martim e Bernardo d’Eça Leal e Afonso Queiroz.

- Publicidade -

Pioneiro no conceito de hospitalidade criativa, o grupo The Independente Collective desenvolve, num antigo palacete do século XIX em frente ao Miradouro de São Pedro de Alcantâra, uma forma de estar assente na partilha de experiências e ideias que refletem a cultura nacional e acompanham as tendências internacionais.

Em constante inovação foi agora lançada a nova carta do restaurante The Insólito, com criatividade do novo Head Chef António Sousa, formado em Escola Hoteleira do Turismo de Portugal, passou pelo restaurante 100 Maneiras, em Lisboa, e fez um estágio no reconhecido Noma, em Copenhaga. As propostas estão cada vez mais focadas em demonstrar o que de melhor se pode confecionar com inspiração na gastronomia portuguesa, e produtos portugueses, de formas distintas.

Subindo ao The Insólito, encontramos um dos terraços mais aclamados da cidade, com uma vista privilegiada sobre Lisboa e o miradouro de São Pedro de Alcântara. Entrar num palacete no centro de Lisboa, subir num dos elevadores mais antigos ainda em funcionamento na capital e sair num espaço onde a decoração extravagante se alia a uma das melhores vistas sobre a cidade e o rio é só o princípio da experiência sensorial que se vive no The Insólito. Também o novo menu reflete esta viagem de surpresas.

O conceito gastronómico é assumidamente disruptivo e surpreendente e explora novas técnicas gastronómicas, ingredientes e apresentações. É uma cozinha de autor com referências portuguesas e contemporâneas, onde os ingredientes fora do comum se encontram em combinações improváveis.

Daí que nas entradas encontremos Ceviche com Pipocas, Desempada de Faisão ou Lagosta em Raviolis e, nos pratos principais, Despregado do Tutano, Ramen de Vieiras ou Café com Mr. Wagyu. A irreverência e o não óbvio continuam de mãos dadas nas sobremesas como Chocolate Caramelo e Porto, Chessecake Serra da Estrela e Sericaia com Ameixa Gelada.

A carta de bar do The Insólito foi igualmente revista e foi buscar alguma inspiração aos maiores clássicos com reinterpretações únicas do Cosmopolitan com sumo de arando ou da An-Other Margarita com tequila, xarope de agave orgânico e sumo de lima. Destaque ainda para o Holy-Sipo feito a partir de Vodka Ultimat, sumo de limão, ananás, gengibre, hortelã, cardamomo – um favorito que se mantém na carta – e para o Marshmallow com Vodka com infusão de marshmallow, chambord, sumo de arando, sumo de limão, xarope e clara de ovo.

O horário também foi estendido e o espaço encontra-se agora aberto para jantares sete dias por semana. No The Insólito, os eventos em exclusivo ganham uma nova dimensão, com a envolvente única do espaço e a capacidade de total personalização do menu à medida de cada pedido do cliente, sendo perfeitos para eventos e reservas de grupos.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Há quem queira reduzir em 80% a entrada de automóveis em Lisboa e na Área Metropolitana até 2048

E há também quem tenha proposto a criação de "superquarteirões", inteiramente pedonais.

Aprovada proposta para reduzir em 10 km/h da velocidade máxima de circulação em Lisboa

Há vias cuja velocidade máxima de circulação permitida passará a ser somente de 30 km/h.

Lisboa, Porto e Guimarães podem tornar-se climaticamente neutras até 2030

As cidades escolhidas terão acesso a diferentes oportunidades.

Oficial: Residentes em Lisboa até 23 e mais de 65 anos com transportes públicos gratuitos

A medida terá um custo total anual de cerca de 14,9 milhões de euros.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Microfone Fifine K658 – O go-to se queres começar no mundo do streaming ou podcasts

É o microfone que precisas para fazer o teu podcast andar para a frente, até porque de lado não capta bem o áudio.

Setúbal vai ganhar, em breve, mais de 2500 lugares de estacionamento gratuito

Uma cidade que bem precisa, tendo em conta a quantidade de parquímetros existentes.