fbpx

The Elder Scrolls Blades já chegou aos smartphones em Early Access

Agora já é possível aventurarem-se pelo mundo de The Elder Scrolls em qualquer lugar.

Enquanto The Elder Scrolls 6 não chega ao PC e consolas, ou a Bethesda não lança mais uma versão de Skyrim para os smartphones, o mais próximo que temos é Blades, um RPG na primeira pessoa free-to-play que adapta o estilo de um The Elder Scrolls moderno ao ecrã e comandos de um smartphone.

Anunciado durante a E3 2018, o jogo teve um acesso antecipado na semana passada, onde só com convite é que os jogadores podiam começar a jogar. Mas agora já é possível que qualquer um comece uma nova aventura no iOS e no Android.

No entanto, para poder jogar é preciso fazer um pré-registo no site da Bethesda e certificarmo-nos que o nosso equipamento é moderno o suficiente para correr o jogo.

Em formato Early-Access, o jogo promete uma experiência completa, mas suscetível a alterações e atualizações grandes, o que significa que, para já, nem tudo está perfeito.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Doom Eternal e The Elder Scrolls Online estão a caminho da próxima geração

Com atualizações gratuitas para quem já tem os jogos.

O Facebook vai fazer frente ao Twitch com uma nova app de streaming

A nova aplicação já está disponível para dispositivos android.

Nier Reincarnation mostra como a série vai chegar aos smartphones

O pequeno vídeo apresenta os visuais e a música deste novo jogo.

Fallout 76: Wastelanders recebe um novo trailer cheio de história e ação

Fallou 76 prepara-se para receber uma nova atualização que promete ser uma espécie de relançamento para os fãs de um género mais tradicional.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.