The Black Mamba vão dar concertos especiais nos Coliseus

- Publicidade - trk
- Publicidade -

E desta vez para apresentar o mais recente disco, The Mamba King. Os The Black Mamba regressam, assim, às emblemáticas salas do Coliseu de Lisboa e Coliseu Porto AGEAS que os receberam no passado com dois concertos esgotados.

Em Lisboa, o concerto está marcado para dia 5 de outubro. Já o espetáculo no norte do país acontece no dia 11 do mesmo mês.

The Mamba King é o terceiro disco do grupo e sucede a Dirty Little Brother (2014) e a The Black Mamba (2012). Traz uma nova roupagem, é certo, mas mantém o blues e o soul de corpo e alma. Contém nove temas, dos quais já se conhecem os singles “I Wanna Be With You”, “Stronger”e “Believe”.

Quanto aos bilhetes, já estão à venda e variam entre os 15 e 35€ para Lisboa e entre os 15 e os 25€ para o Porto.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Música – Álbuns essenciais (janeiro 2022)

A primeira seleção de 2022 está aí e já temos um forte candidato a álbum do ano!

Ouve aqui o tema principal de The Batman

Michael Giacchino revela ao mundo a sua versão do tema do Batman.

Os 50 melhores álbuns de 2021

Após um 2020 que obrigou todo o mundo a ficar por casa, tinha a esperança que isso trouxesse muita diversidade de álbuns de qualidade. A minha intuição estava correcta, de facto!

Música – Álbuns essenciais (outubro 2021)

Um mês de regressos surpreendentes e de estreias muito interessantes.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Santa Catarina Sushi Bar. O novo restaurante do Chiado tem tudo para conquistar

Além de sushi, há ainda tacos e ceviche, num restaurante super agradável e que vai ao encontro daquilo que os clientes procuram.

Já podem ter uma party night no Mex Factory

O que significa já podem jantar naquele espaço inserido no icónico LX Factory.

Faro e Oeiras avançam com primeiros contratos PRR para 163 casas

Em Faro, o investimento estimado é de 8,2 milhões de euros, ao passo que, em Oeiras, o investimento é de 19,4 milhões de euros.