Terroir. Este é o novo atelier gastronómico da cidade de Lisboa

Nasceu do sonho dos seus proprietários, Inês Santos e Erik Ibrahim, que andaram pelo mundo e das suas viagens trouxeram as ideias do que um dia gostariam de concretiza.

Terroir
- Publicidade -

Há um novo espaço acolhedor, moderno e cosmopolita no número 186 da rua dos Fanqueiros, em Lisboa. Chama-se Terroir e é um lugar de convívio para ir com amigos e família beber um copo e degustar sabores de Portugal e do mundo.

Com um longo balcão – em forma de meia garrafa de vinho -, que inclui excelente mostruário de vinhos nacionais, o Terroir convida logo a um copo, já que todas as referências disponíveis podem ser apreciadas desta forma… e em duas doses diferentes. Já no bar, destacam-se vários cocktails e mocktails, todos de origem ou inspiração vínica, e uma janela para a rua onde, a partir do exterior, se pode beber um copo de vinho, provar várias opções da carta ou optar pelo take-away, que aqui promete uma aposta muito diferenciadora.

É que, através desta janela, o Terroir irá sugerir originais cestos de piquenique que se podem encher de iguarias da carta. Será ainda oferecido um mapa da zona, com sugestão de locais onde ir e desfrutar a sua refeição.

Dentro do Terroir, há uma open kitchen, a cargo do chef Miguel Vaz. Aqui, a partilha é total, pelo que a ideia é conviver e conhecer a cozinha do chef enquanto se percorre um dos menus de degustação ou se ‘constrói’ a própria refeição, escolhendo os pratos da ementa e pedindo as sugestões do chef ao longo da refeição, e ao(s) sabor(es) do momento.

A partir de uma carta, que vai apresentando regularmente novas criações do chef de acordo com a época, estão disponíveis dois menus de degustação. O menu de nove momentos percorre mais as influências do mundo, mas contempla também alguns dos pratos que já se estão a tornar clássicos do Terroir, como a Batata-doce, leguminosas e aroma de trufa ou a Bola de Berlim de Bacalhau – e um menu mais curto, de seis momentos, que apresenta esses mesmos clássicos.

Alguns dos pratos poderão ser finalizados na mesa, deixando pequenos detalhes a cargo dos clientes, para que estes possam fazer parte de toda a experiência, dando o seu próprio toque final, ajustando os sabores.

Para acompanhar a proposta gastronómica do chef, juntam-se os melhores vinhos nacionais, em harmonizações surpreendentes, que são aqui responsabilidade do reconhecido sommelier Rodolfo Tristão, que integra a equipa como consultor vínico do restaurante, de forma a enriquecer o projeto.

No que toca a horários, o Terroir funciona às quartas e quintas, das 18h às 19h30, na janela para o exterior, e das 19h30 às 23h para refeições, bem como de sexta a domingo, das 12h30 às 15h e das 18h às 19h30 na janela para o exterior e das 19h30 às 23h para refeições.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
786SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Centro Interpretativo da História do Bacalhau reabre no início de maio

Este espaço ocupa o Torreão Nascente do Terreiro do Paço, com entradas pelo Terreiro do Paço e pela Praça Sul e Sueste, e inclui zona de venda de bacalhau, zona de estar com livraria e zona de degustação de petiscos.

Elite Dangerous: Odyssey aterra a 19 de maio no PC

PlayStation e Xbox recebem a nova expansão para perto do outono.