Teletrabalho: A lista de ferramentas úteis para começarem já a utilizar

Com a pandemia de COVID-19, que exigiu o isolamento social presencial, o teletrabalho assumiu uma importância acrescida em todo o mundo.

pandemia
- Publicidade -

Isto porque traduz-se num forma de permitir aos colaboradores das diversas empresas que continuem a exercer as suas funções, a partir de casa ou outro local, conseguindo manter-se seguros e isolados.

O teletrabalho, trabalho remoto ou trabalho à distância consiste numa prática de trabalho efetuada à distância, por exemplo, a partir de casa, a qual é executada autonomamente, com o recurso ferramentas digitais de comunicação e de colaboração entre as entidades envolvidas (empresas, colaboradores e clientes).

Nos dias de hoje, existem centenas de ferramentas à disposição que permitem comunicar e gerir equipas, realizar e agendar reuniões com colaboradores ou clientes, ensinar à distância, partilhar e criar documentos colaborativos, etc.

Existem soluções muito diferenciadas, o difícil mesmo será optar pelas mais adequadas à realidade de cada um, pois escolha é coisa que não falta. Assim sendo, eis uma lista, elaborada pela PTisp, com algumas das ferramentas que poderão ser úteis para dar início ao teletrabalho e manter a equipa 100% funcional.

Lista de Ferramentas para Teletrabalho

Comunicação interna

Livechat

Acesso remoto

Segurança

Email

Passwords

VPN

Backups, Cloud e Disaster Recovery

Reuniões

Agendamento de reuniões e calendários

Gestão de projetos para trabalho em equipa

Criação e colaboração através de documentos

Partilha e envio de ficheiros

Outras ferramentas de trabalho colaborativo à distância

Apesar de existirem algumas desvantagens no teletrabalho, vamos-nos focar nas suas vantagens. Uma delas é o facto de que conseguem manter a continuidade do seu negócio, o que é fantástico, face ao panorama atual. Atentem nas vantagens que advêm do trabalho à distância:

  • Motivação dos colaboradores: Sentirão uma motivação acrescida junto dos vossos colaboradores, que sentir-se-ão reconhecidos pelo voto de confiança que lhes estão a dar;
  • Ganho de tempo e maior qualidade de vida: Parecendo que não, com o teletrabalho toda a equipa ganhará o tempo das deslocações e de toda a logística que envolve a ida e vinda para o trabalho como: preparar marmitas, levar as crianças à creche, perdas de tempo no trânsito, etc. Essas perdas deixam de acontecer e ganham mais tempo pessoal e reduzem a exposição ao stress;
  • Espírito de equipa: Irão notar um reforço no espírito de equipa e de união entre todos;
  • Redução de custos: As despesas gerais como água é a luz irão reduzir, o que será positivo;
  • Flexibilidade: Salvo empresas que mantenham um atendimento geral ao público mesmo à distância (telefone, email e livechat), poderão tornar os horários dos colaboradores mais flexíveis e adaptados às respetivas rotinas pessoais/familiares.

Mantenham-se seguros e a trabalhar a partir de casa. Se tiverem sugestões, deixem nos comentários e atualizaremos a lista com base nisso!

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Há novos espaços de teletrabalho em três locais da rede Aldeias de Montanha

Os três espaços inaugurados fazem parte da Rede Nacional de Espaços de Teletrabalho ou Coworking no Interior.

Oito dicas a adotar para tornar o teletrabalho numa realidade mais segura

São formas de evitar riscos em casa e, também, de manter a família feliz.

Cinco vantagens de soluções cloud para teletrabalho e mobilidade

Esta é uma altura em que estamos a viver, em todo o planeta, a maior experiência de trabalho à distância.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Pingo Doce chega pela primeira vez aos Açores

O sortido do espaço conta com muitos produtos regionais, fruto das parcerias feitas com 129 fornecedores dos Açores.

Continente abre primeira loja em Gouveia

Continua a expansão da marca da Sonae.

Lagoa dos Salgados será classificada como área protegida de âmbito nacional

Há 21 anos que, em Portugal, não era classificada nenhuma área protegida de interesse nacional.