Sabiam que o Telegram serve também como cloud gratuita e ilimitada?

Existem somente três desvantagens.

- Publicidade -

Desde que o “escândalo” de partilha de dados do WhatsApp surgiu, muitos têm sido os utilizadores que começaram a migrar para o Telegram (por falar nisso, já seguem o canal do Echo Boomer?). Afinal de contas, é das apps mais conhecidas na área de privacidade, sendo muito mais segura que outras opções. O seu fundador, Pavel Durov, garante que nunca divulgaram um único byte de dados privados dos utilizadores a terceiros.

Tendo isto em conta, é difícil não ficar convencido. Pois bem, e se vos dissermos que, além do foco na privacidade, o Telegram serve, também, como cloud gratuita e ilimitada para fotos e vídeos?

Ao contrário do WhatsApp, que nos obriga a fazer cópias de segurança se desejarmos ter os nossos ficheiros num outro smartphone, isto caso troquemos de equipamento, no Telegram isso não acontece, uma vez que utiliza uma cloud própria. Imaginemos que trocam de smartphone e querem aceder aos ficheiros. É tão simples como instalarem o Telegram, verificarem o vosso número de telemóvel e, já na app, basta selecionarem a opção Saved Messages (Mensagem salvas caso tenham a aplicação em Português do Brasil) através do menu.

Seja qual for o dispositivo, desde que instalem o Telegram e verifiquem o vosso número de telemóvel, terão logo acesso a todos os ficheiros que guardaram na cloud. Sim, é assim simples.

Claro, existem alguns problemas com esta Telegram cloud, mas não é nada de grave. O mais flagrante, talvez, será a ausência de pastas, de modo a que possam organizar tudo. Como não existem, a solução é adicionarem uma descrição, com hashtag, a cada vídeo/foto que forem colocando na vossa cloud.

Depois, há um limite de 1.5GB por ficheiro multimédia, o que pode não ajudar a quem deseja guardar algum vídeo em 4K.

Outro problema que encontrámos é o facto de não existir um link de partilha em cada imagem/vídeo que colocam na cloud. Ou seja, para que possam enviar esse ficheiro a alguém, essa pessoa tem, também, de usar o Telegram. Isto compreende-se perfeitamente. Afinal de contas, o intuito daquele serviço é ter o maior número de utilizadores possível.

Além de fotos e vídeos, podem ainda guardar outros ficheiros (como documentos, músicas, etc), localizações (através do Google Maps) e contactos.

De momento, a ordem é mesmo usar e abusar desta cloud, pois não se sabe se, futuramente, continuará a ser ilimitada ou até gratuita.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

NOS promete oferecer a primeira experiência Gaming em 5G em Portugal, mas o que não vai faltar são alternativas

A NOS vai aproveitar a chegada do 5G para lançar a sua proposta de gaming via Cloud com a ajuda da Blacknut.

Telegram já tem 500 milhões de utilizadores ativos em todo o mundo

E até o Echo Boomer já tem um canal na plataforma.

Google Stadia – A alternativa para quem não quer um PC ou consola para jogos

O Google Stadia chegou finalmente a Portugal e em termos técnicos impressiona, se não forem muito exigentes com as suas limitações.

Cinco vantagens de soluções cloud para teletrabalho e mobilidade

Esta é uma altura em que estamos a viver, em todo o planeta, a maior experiência de trabalho à distância.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Nazaré cancela eventos de rua do Carnaval 2022 e ativa Plano Municipal de Emergência

As regras no município podem apertar se o presidente da câmara assim o decidir.

Não haverá festas de passagem de ano no Algarve

E foram também canceladas várias iniciativas que integravam a programação de Natal.

Análise – Sony Pulse 3D Midnight Black

Fez no passado mês de novembro um ano desde que a PlayStation 5 chegou ao mercado. Com ela vieram também os primeiros acessórios, entre eles os Sony Pulse 3D, que recentemente tiveram um “relançamento” numa nova cor.