Sushisan abre segundo restaurante no Porto

Foi em 2016, pelas mãos de Carlos Guerra, que o Sushisan abriu a primeira casa no Porto, a poucos metros da Avenida da Boavista. Cerca de um ano e meio depois, dá-se início a uma nova aventura, desta vez, na Baixa do Porto, mais especificamente na Rua Santa Teresa, na zona das Galerias de Paris.

- Publicidade -

Com um espaço de dois andares, o recém-inaugurado Sushisan Porto quis dar à cidade um novo espaço dedicado à gastronomia japonesa.

Para quem não conhece ou nunca experimentou, o Sushisan é reconhecido pelo rodízio gourmet (all you can eat) incomparável, disponível, ao almoço, por 13,90€ e, ao jantar, por 17,90€. A refeição inclui uma sopa Miso e Hot Philadelphia rolls para começar, seguidos de repetições infinitas de pratos de sushi. Ou seja, é comer até ficar de boca cheia.

Claro, há sempre outras opções para quem não se quer aventurar no rodízio. Há pratos frios, quentes e diversas sugestões de combinados –, da qual fazem parte temakis, niguiri, makis, gunkan’s, sashimi, tempuras, yakisoba e muitas outras especialidades.

O novo Sushisan Porto está aberto de segunda-feira a sábado das 12h às 15h e as 20h às 23h. As reservas podem ser efetuadas pelo número 223165667.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,784FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Restaurante lisboeta recusa-se a fechar portas durante o novo confinamento

O casal fundador do restaurante Lapo, em Lisboa, invoca a constituição para manter as portas abertas.

Restaurante Astória fecha portas a 10 de janeiro

Mas nem tudo é mau, pois está a ser construído um novo conceito e um novo espaço.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vão ao supermercado? Passam a ter de mostrar o talão de pagamento às Forças de Segurança

O novo despacho do Governo estabelece também que quem violar as regras do confinamento tem de pagar a multa na hora.

Zimbra. Esta ferramenta facilita a gestão das contas de email

É uma solução que surge por parte da Ikoula.