Super Bock Super Rock apresenta tributo a Zé Pedro

Zé Pedro sempre foi dedicado à sua arte, mas também mostrou essa dedicação ao trabalho dos outros, com a descoberta de novas bandas, a divulgação dos melhores discos do momento e a presença assídua em festivais, entre eles o Super Bock Super Rock.

- Publicidade -

A próxima edição do festival é, por isso, a oportunidade ideal para prestar o devido tributo a Zé Pedro. “Who The F*ck is Zé Pedro?” juntará ilustres convidados, amigos e admiradores do eterno guitarrista dos Xutos, acompanhados por uma banda formada quase exclusivamente por familiares do músico e dos restantes elementos da banda, que acabaria por tornar-se também numa família para Zé Pedro.

Rui Reininho, Carlão, Manuela Azevedo, Tomás Wallenstein, Manel Cruz, Palma’s Gang, Ladrões do Tempo, Paulo Gonzo e João Pedro Pais, fãs e amigos de Zé Pedro vão interpretar em palco alguns dos temas mais icónicos da vida do músico.

E como Zé Pedro sempre fez tudo com o coração, a banda que vai acompanhar este lote de artistas é o mais familiar possível: António Reis Colaço (sobrinho do Zé Pedro), Fred Ferreira (filho do Kalu), João Nascimento (filho do Gui), Joel Cabeleira (sobrinho do João Cabeleira), Marco Nunes (sobrinho do Kalu), Nuno Espírito Santo, Sebastião Santos (filho do Tim) e Vicente Santos (filho do Tim).

Zé Pedro

A direcção artística pertence a Tim e a Fred Ferreira. O audiovisual estará a cargo de Zé Pinheiro.

Espera-se um momento de partilha e de emoção, uma verdadeira celebração da música portuguesa e de um dos seus nomes mais queridos. “Who The F*ck is Zé Pedro?” está marcado para dia 19 de Julho, no Palco Super Bock.

Para além da marca indelével que deixou na música, o espírito de solidariedade que sempre deixou transparecer refletiu-se, por exemplo, na sua ligação à Associação Encontrar+se – Associação de Apoio a Pessoas com Perturbação Mental Grave.

Zé Pedro foi padrinho do Movimento UPA – Unidos para Ajudar, Levanta-te contra o Estigma e a Discriminação das Doenças Mentais. Esta primeira campanha da Encontrar+se, que contou com o constante apoio de Zé Pedro às iniciativas deste movimento, resultou num disco concebido por Zé Pedro e editado em 2008, em parceria com Paula Homem, Pedro Tenreiro e Nuno Rafael.

Este ano, o Super Bock Super Rock vai produzir uma t-shirt exclusiva que estará à venda no merchandise oficial durante os dias do festival. Por cada unidade vendida, 10€ reverterão para a Associação Encontrar+se.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Super Bock Super Rock adiado para 2022

A Música no Coração bem tentou, mas não havia nada a fazer.

DaBaby é a novidade no cartaz do Super Bock Super Rock

Se tudo correr dentro do planeado, a Herdade do Cabeço da Flauta, junto à praia do Meco em Sesimbra, voltará a receber o Super Bock Super Rock de 15 a 17 de julho de 2021.

Kali Uchis, Slow J e Jungle DJ Set reconfirmados no 26º Super Bock Super Rock

Mais três nomes que se juntam aos anteriormente reconfirmados.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Grupo Barraqueiro pretende usar carruagens espanholas para ligar Braga a Faro

O objetivo é tornar-se o primeiro operador ferroviário de longo curso em Portugal.

Vila Galé quer abrir hotéis nos Açores e em Tomar em 2022

Além disso, há planos para uma nova unidade hoteleira para crianças no Alentejo.

Teatro São João reabre a 22 de outubro

A operação Reabilitação do Teatro São João e Programa Comemorativo do seu Centenário envolveu um valor global de 2,55 milhões de euros e que beneficiou de um investimento de 2 milhões de euros do programa operacional regional NORTE 2020.