fbpx

Super Bock Super Rock 2018 | Parcels impressionam, Temples viajam até aos anos 60

Começámos o dia com os australianos Parcels, eles que começaram a dar que falar com o single “Overnight”. Há quem defina a sonoridade da banda como disco-funk/eletro pop, ou seja, com influências dos anos 70. De facto soam a tal; aquele tipo de música que sabe bem ouvir num final de tarde, com amigos, enquanto se aprecia o pôr-do-sol.

O facto de ser o único palco com movimento àquela hora ajudou no pequeno aglomerado de pessoas que se juntou no Palco EDP, vibrando com os temas mais conhecidos dos australianos. Escusado era o jogo de luzes, uma vez que à hora em que tocaram o sol ainda raiava forte.

Fazendo-nos lembrar, a espaços, uns Bee Gees, uns Chic e até mesmo uns Daft Punk, a verdade é que os Parcels já têm uma sonoridade muito definida, muito centrada no groove, sempre a lembrar momentos descontraídos. Bem, quase sempre, já que no concerto demonstraram, já no final, que são capazes de improvisos instrumentais a puxar ao psicadelismo.

Ainda que não tenham nenhum álbum editado, a verdade é que os temas do EP Hideout, além de faixas isoladas, levam a crer que um álbum de estúdio pode muito bem chegar em breve.

Um excelente concerto neste palco secundário do Super Bock Super Rock e que nos leva a pedir a alguma promotora que os traga em nome próprio.

Pouco depois subiam a palco os Temples para, também eles, nos levarem numa viagem musical. Se os Parcels nos fizeram lembrar dos anos 70, os Temples quiseram levar-nos para a década de 60 de uns The Beatles, The Yardbird ou The Beach Boys. Aliás, basta olhar para eles uma primeira vez para percebermos logo isso, a julgar pelos penteados e pelas roupas que vestem. Os Temples, que já tinha atuado anteriormente por cá, já contaram com mais público que os australianos Parcels, aproveitando para mostrar os temas do primeiro álbum, Sun Structures, e do mais recente Volcano, lançado o ano passado.

Temas como “Certainty”, “Shelter Song” ou “Strange Or Be Forgotten” foram dos mais celebrados, neste rock psicadélico capaz de conquistar novos fãs. Claro, alguns temas passaram mais despercebido e a reação nesses foi quase nula, mas, regra geral, os Temples conseguiram entreter, e bem, o público, até que fosse hora de jantar.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Festival Gastronomia de Bordo acontece em Peniche já em outubro

Este ano, o festival Gastronomia de Bordo em Peniche adaptou-se às novas circunstâncias e fica circunscrito à experimentação dos pratos em apenas alguns restaurantes.

Clã, David Fonseca e Lena D’Água vão atuar no FNAC Live Box Edition

A entrada, como é habitual neste festival da FNAC, é gratuita.

Circle Jerks estream-se em Portugal em julho do próximo ano

A novidade foi avançada pela promotora Hell Xis Agency.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.