Sting é o primeiro nome anunciado para o MEO Marés Vivas

- Publicidade -

Depois de já ter passado pelo festival em 2017, o músico Sting está de regresso ao MEO Marés Vivas, sendo o primeiro nome avançado pela organização para a edição do próximo ano, atuando a 21 de julho.

O músico de 67 anos de idade é um dos fundadores dos extintos Police e, a solo, já deu oito concertos em Portugal, excluindo-se os espetáculos que deu com a mítica banda.

Sting, que editou o mais recente álbum 57th & 9th em novembro de 2016, traz ao nosso país a digressão “Sting: My Songs“, que irá realizar pela Europa no próximo ano, esperando-se um formato mais elétrico para as canções da sua carreira a solo e, claro, daquelas dos Police.

Entre os 12 álbuns que editou a solo, destacam-se da discografia de Sting temas como “Englishman in New York” e “If I Ever Lose My Faith In You”, conhecidos por toda a gente.

Este é o primeiro nome anunciado para o MEO Marés Vivas, esperando-se que, até fim do ano, a organização lance cá para fora mais artistas ou bandas confirmadas.

Quanto aos bilhetes, o bilhete diário custa 33€, enquanto que o passe geral tem um preço de 61€. Há ainda um Passe Geral VIP por 160€.

Depois de o Orçamento do Estado (OE) aprovado ter reposto o IVA dos espetáculos na taxa de 6%, a organização do MEO Marés Vivas rapidamente anunciou que os preços iriam baixar em 2019. Porém, essa redução de preço foi feita já neste mês de dezembro, mesmo a pensar na altura do Natal.

A 13.ª edição do MEO Marés Vivas acontece de 19 a 21 de julho, depois de, em 2018, ter estreado a nova localização junto à Antiga Seca do Bacalhau, em Gaia, distrito do Porto.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes