Squid substituem OM no NOS Primavera Sound

- Publicidade - trk
- Publicidade -

Coisas que acontecem.

Por vezes, seja por culpa da banda, da organização ou outra coisa qualquer, existem situações que impedem que artistas e grupos atuem em determinados locais, como festivais. Ora, sabemos agora de uma situação que vai afetar o NOS Primavera Sound 2022.

Numa curta nota publicada nas redes sociais, ficámos a saber que, devido a problemas logísticos alheios à banda e à organização, o concerto dos OM previsto para o NOS Primavera Sound foi cancelado. Em substituição, o festival terá agora, no dia 11 de junho, um concerto da banda de post-punk experimental Squid.

Recorde-se que o Primavera Sound Porto acontece de 9 a 11 de junho no Parque da Cidade, no Porto. Estão confirmados nomes como Nick Cave and the Bad SeedsTame ImpalaCigarettes After SexBeckPavementSlowdiveGorillazInterpol e Khruangbin, entre muitos outros.

Quanto aos bilhetes, os passos gerais estão esgotados, pelo que somente é possível adquirir de momento os bilhetes diários, com o custo de 60€ cada.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

NOS Primavera Sound, Dia 2 – Beck à distância, festa na clareira, e com Arnaldo Antunes cantando fica tudo melhor

De Beck a Chico da Tina, eis o rescaldo do segundo dia do NOS Primavera Sound 2022.

Passes gerais para o NOS Primavera Sound estão esgotados

Mas continuam à venda os bilhetes diários.

Aqui está (parte) do cartaz do NOS Primavera Sound 2022

São muitos nomes que transitam da edição de Barcelona para a do Porto.

Festivais Primavera Sound adiados para 2022

É expectável que o mesmo aconteça com o NOS Primavera Sound.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Já podem ter uma party night no Mex Factory

O que significa já podem jantar naquele espaço inserido no icónico LX Factory.

Faro e Oeiras avançam com primeiros contratos PRR para 163 casas

Em Faro, o investimento estimado é de 8,2 milhões de euros, ao passo que, em Oeiras, o investimento é de 19,4 milhões de euros.