O Sony Walkman está de volta! E não requer cassetes

A Sony vai celebrar os 40 anos do seu icónico Walkman com um relançamento muito especial: um novo dispositivo com aroma aos anos 70/80.

- Publicidade -

Chama-se Sony NW-A100TPS e é um leitor de músicas com um aspeto reminescente do Walkman original, com a vantagem de poder armazenar 16 gigas de música, sem recurso a uma única cassete. A diferença é que funciona sob a plataforma Android.

Sem leitor de cartões SIM, o pequeno dispositivo de alta fidelidade conta com ligação Wi-Fi para aplicações de streaming e um ecrã simples de 3.6 polegadas, que, aqui, pode ser configurado com um screensaver de uma cassete para simular que está ali uma fita a ser lida.

Para ligar auscultadores, a Sony dá duas opções, com o leitor a suportar a ligação áudio de 3.5mm e ligação Bluetooth.

As “más” notícias chegam é ao nosso bolso. Enquanto que o Walkman original valia algo equivalente a 150€ atuais, esta edição especial atira-se para os 440€. Ou não fosse um leitor de alta fidelidade de edição muito limitada e comemorativa.

Se smartphones não vos interessam este Natal, mas a fome dos gadgets é grande, bem podem sempre optar por este simples leitor musical, que chega à Europa em dezembro.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,385FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

São 14 os novos jogos a chegarem ao Xbox Game Pass nos próximos dias

Para jogar na consola, no pc e até no smartphone.

Apple TV chegou a algumas smart TVs da Sony

Depois da Samsung e LG, é a vez da Sony contar com a app da marca da maçã.

A subscrição Google Play Pass já chegou a Portugal com centenas de jogos e aplicações

São mais de 500 aplicações Android à distância de uma subscrição.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Clientes Revolut já podem aceder às suas contas através do PC

Está agora disponível uma web app online para clientes.

Behemoth e Arch Enemy dão concertos em Portugal em outubro do próximo ano

Duas das mais aplaudidas bandas do metal extremo contemporâneo: de um lado, um grupo clássico do death metal; do outro, um dos projetos emergentes mais interessantes dos últimos anos.