fbpx

Solaris tem uma coleção de óculos de sol feitos de plástico reciclado

A gama DbyD – DbyD RECYCLED está disponível nas lojas MultiOpticas, GrandOptical e Solaris.

óculos de sol

A Solaris, marca detida pelo Grupo GrandVision, líder internacional no retalho de ótica, acaba de fazer chegar a Portugal uma coleção muito especial, ou não fossem todos os óculos de sol feitos de plástico reciclado.

A coleção, com o nome de DbyD RECYCLED, uma vez que surge por parte da DbyD, marca de armações e óculos de sol, é inspirada no espírito da sustentabilidade, pegando no que já não tem utilidade e dando-lhe nova vida.

A coleção conta com 12 modelos de óculos de sol com lentes polarizadas, charneiras de qualidade e resistência superiores com armação de plástico polietileno de alta densidade. Esta coleção foi feita em parceria com a Envision Plastic, usando plástico OceanBound.

A nova coleção unisexo já está disponível nas lojas MultiOpticas, GrandOptical e Solaris.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Kapten já não distribui garrafas de plástico aos clientes

A utilização de garrafas 100% biodegradáveis não é propriamente uma novidade na Kapten, uma vez que as garrafas de plástico nos carros dos motoristas têm sido cada vez menos frequentes.

MyIced substitui copos de plástico por copos biodegradáveis

E não só os copos, também as palhinhas de plástico serão substituídas por palhinhas biodegradáveis.

note! tem novos artigos feitos a partir de garrafas de plástico

É uma novidade que surge no âmbito do compromisso assumido pela marca para a redução da entrada de plástico no mercado, criando novas utilidades para o plástico já utilizado.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.