Sol da Caparica vai ter homenagens, baleia de Bordalo II e convidados especiais

O Sol da Caparica vai ter homenagens, mensagens e cumplicidades. Começando pelos Amor Electro, não só vão apresentar o novo disco, como também vão revisitar álbuns anteriores. Além disso, está prometida uma homenagem a Zeca Afonso, gigante da música popular portuguesa que tem sido muitas vezes escutado n’O Sol da Caparica.

“Infelizmente ele não a pode ouvir, mas espero que os amigos e a família gostem”, referiu Marisa Liz, vocalista da banda.

Noutro tópico, o artista plástico Bordalo II aceitou uma encomenda especial d’O Sol da Caparica e da Câmara Municipal de Almada e vai construir uma baleia de cerca de seis metros que estará exposta no recinto do festival e que, posteriormente, será colocada num local especial escolhido pela CMA.

“A peça levará cinco dias a concluir e será transportada por secções para posterior montagem no local do recinto”, explicou o artista em entrevista. Já é fácil adivinhar qual será um dos maiores protagonistas das selfies desta edição d’O Sol da Caparica.

O rock serve para unir gerações, para construir hinos, para definir épocas, mas também para rasgar convenções, para desbravar novos caminhos, para contestar o que merece ser contestado. E, obviamente, para reencontrar velhos companheiros.

N’O Sol da Caparica, os UHF de António Manuel Ribeiro e companhia levarão a bagagem de quatro décadas de careira, os hinos que se estendem de “Cavalos de Corrida” a “A Minha Geração”. Um concerto obrigatório que ainda por cima contará com convidados especiais: António Manuel Ribeiro anunciou que Tim, dos Xutos e Pontapés, e Renato Gomes, membro fundador dos UHF, irão ambos pisar o palco ao seu lado, transformando esta apresentação num momento único.


 

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,850FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio de Portugal dá recorde a Lewis Hamilton

92. É este o número de vitórias de Lewis Hamilton enquanto piloto de Fórmula 1. Este fim-de-semana, no Grande Prémio de Portugal, em Portimão, o piloto britânico bateu o recorde de 91 Grandes Prémios ganhos, que pertencia ao alemão Michael Schumacher.

Análise – 9 Monkeys of Shaolin

Viajem até à China Medieval numa busca por vingança e muita ação.