SOI tem nova carta com caris, saladas e pratos mais aromáticos

Se ainda não tiveram oportunidade de ir ao SOI, esta será a melhor altura. O restaurante tem agora uma nova carta, a primeira depois da abertura em 2017 no Cais do Sodré.

- Publicidade -

Mais de metade do menu foi renovado. O grande destaque vai para os caris, as saladas e pratos mais aromáticos.

O chef Maurício Vale foi o responsável pela elaboração da carta. Comecemos pela “má” notícia: os ramens desapareceram, dando lugar aos caris, um dos grandes destaques desta carta.

Mas há mais opções além dos caris. Por exemplo, destaca-se também o Guoi Cuan de Salmão (massa de arroz com salmão curado, salada ibérica, manga e duo de maioneses) e Tacos Bhuna Ghost (tacos de milho com caril de borrego, iogurte e hortelã) para o início da refeição.

Para quem preferir algo totalmente vegetariano, também tem essa hipótese no SOI com o Jungle Curry (caril jungle, cogumelos shiitake, milho baby, framboesa desidratada e leite de côco).

Da carta antiga mantêm-se as famosas Korean Chicken Wings, as Money Bags, os Pad Thai e os Baos.

Para terminar, sugere-se o novíssimo SOI Loco, que é um crumble com fruta exótica, gelado de meloa e côco e ganache de toblerone.

O SOI está aberto de domingo a quinta das 12h às 23h30 e às sextas e sábados das 12h à 00h30.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Há um novo restaurante McDonald’s na Ribeira do Porto

É a segunda abertura de um restaurante da marca em 2021.

Concorrentes de Hell’s Kitchen abrem restaurante em Vila Verde

Mas este não será um restaurante qualquer.

Taco Bell abre restaurante no Centro Vasco da Gama

A Taco Bell passará a contar com cinco restaurantes em Portugal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Época balnear 2021. Eis as regras definidas pelo Governo

Comer bolas de Berlim? Sim. Mas jogar raquetes não é permitido.

Museu da Lourinhã ganha versão digital com a ajuda da Vodafone

O Museu Digital da Lourinhã dispõe, a partir de hoje, de um conjunto de soluções de Realidade Virtual.

Santuário do Cabo Espichel transforma-se em projeto com vocação turística

O imóvel está classificado de interesse público desde 1950, beneficiando, ainda, de uma Zona Especial de Proteção.