Smartphones da Motorola voltaram a ser distribuídos em Portugal

Há um total de cinco smartphones para conhecer.

Smartphones da Motorola

Não tem estado fácil a vida da Motorola em Portugal, com várias entradas e desistências no que ao nosso mercado diz respeito. Agora, a marca foi “reativada”, por assim dizer, em Portugal.

Num acordo fechado entre a Lenovo (detentora da marca) e a jp.di, empresa de distribuição e revenda de material informático, a marca histórica de equipamentos de mobilidade regressa, assim, ao radar do mercado nacional com novos novos smartphones.

Atualmente, estão a ser distribuídos para as lojas os smartphones Motorola Edge, Moto G9 Play, Moto G9 Plus, Moto E7 Plus e Moto G 5G Pro. O curioso é que muitos dispositivos da marca estão disponíveis para compra no site oficial da Lenovo.

Paola Gutiérrez Simón, Directora de Marketing e Comunicação da Motorola, comenta que “foi sempre nosso desejo regressar a Portugal com a força das décadas de 1990 e 2000, quando nos consolidámos no mercado português com equipamentos históricos como o Motorola StarTAC, o V70 e o Razr V3. Esperamos que em breve estejamos a celebrar bons resultados novamente com o nosso parceiro jp.di, em quem depositamos grandes esperanças”.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,143FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Análise – Xiaomi Mi True Wireless Earphones

Apesar do design um pouco mais robusto e a curta autonomia apresentada, o preço dos Xiaomi Mi True Wireless Earphones faz com que sejam uma opção a ter em conta.

Análise – Xiaomi Mi Wireless Handheld Sweeper

A marca chinesa mais conhecida pelos smartphones não para de nos surpreender e, desta vez, temos uma “vassoura elétrica”.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Mistério, ação e muita loucura no Xbox Games With Gold de dezembro

Mais jogos gratuitos para as subscrições da Xbox.

Torres Vedras vai ter escola de ensino superior na área da saúde

Tudo isto graças a um protocolo celebrado entre a Câmara Municipal de Torres Vedras e o Instituto Politécnico de Leiria (IPL).