“Hotel para animais” e “Certificação Energética” foram os serviços mais procurados em 2018

Os dados são da Fixando, plataforma portuguesa para a contratação de serviços locais.

- Publicidade -

No primeiro lugar dos serviços mais solicitados pelos portugueses ao longo de 2018 encontra-se a categoria “Hotel para animais“, que teve o seu pico de pedidos em antecipação, e durante, os períodos de férias, nomeadamente em julho, agosto e dezembro. A liderança desta categoria em 2018 comprova a maior preocupação entre a população pelo bem-estar dos animais domésticos.

Em segundo lugar surge “Certificação Energética“, categoria que obteve uma posição cimeira em consequência das recentes movimentações no imobiliário português, sendo que a certificação energética é obrigatória para novos edifícios, e em reabilitações de custo superior a 25% do valor do imóvel. A fechar o top 3 surge o serviço de “Aluguer de Insufláveis”, mantendo-se a animação preferencial nos aniversários das crianças.



Já fotografia (desde casamentos a batizados) “Pintura de Casa” – exterior e interior – são a quarta e quinta categoria mais solicitadas em 2018. No top dos 10 serviços mais procurados encontramos ainda “Personal Training“, “Limpeza“, “Estofador“, “Treino de cães” e “Remodelações e Construção“.

Curiosamente, já fora do top 10, encontramos um fenómeno exclu2sivo de 2018, a “Limpeza de Terrenos“, que está englobada dentro da categoria genérica “Jardinagem e Relvados. Este serviço foi acrescentado à plataforma no início do ano, após o governo português indicar um prazo (até 15 de março) para a limpeza dos terrenos de propriedade privada. Em fevereiro, esta categoria chegou a assinalar um aumento de 200%.

Ao todo, a plataforma Fixando conta com mais de 1200 categorias disponíveis, divididas por cinco categorias-mãe (“Casa”, “Eventos”, “Bem-estar”, “Aulas” e “Outros”).

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Fixando lança novo serviço para poder gerar novas oportunidades de trabalho remoto

Chama-se Fixando+24 e, como referimos no título, serve para poder gerar novas oportunidades de trabalho remoto a 2 milhões de profissionais portugueses que se encontram em casa devido à quarentena imposta pelo Governo por causa da Covid-19.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.

Blade of Darkness – À lei da espada

Um regresso ao passado competente que merecia algumas melhorias na jogabilidade.