Semana do Peixe em Lisboa – Preview dos 10 chefs & restaurantes que irão participar na edição de 2019

O Peixe em Lisboa é um dos mais antigos (contando, este ano, com 12 edições) e emblemáticos festivais de gastronomia em Lisboa, dedicado ao que de melhor se faz em termos de pratos e iguarias à base de peixe e mariscos, na nossa capital.

- Publicidade -

Organizado pela Associação Turismo de Lisboa, no âmbito do seu Plano Estratégico, o Peixe em Lisboa pretende promover a gastronomia à base de peixes e mariscos portugueses. Procura diferenciar-se quer a nível nacional, quer internacional, pelo seu conceito agregador das entidades que estão de alguma forma inseridas ou relacionadas a este mercado.

Para isso, o evento conta com apresentações, em auditório, de conceituados chefs portugueses e estrangeiros, espaços de restauração próprios com alguns dos melhores estabelecimentos da região de Lisboa e, ainda, um mercado gourmet com dezenas de expositores da área alimentar.

A 12ª edição deste festival, que decorre entre os dias 4 e 14 do próximo mês, realizar-se-á, à semelhança dos dois anos anteriores, no Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII.

E foi neste espaço magnífico que decorreu, também, a 27 de março, o preview dos 10 restaurantes e chefs que irão ter as suas iguarias expostas durante o festival.

Como não podia deixar de ser, o Echo Boomer esteve presente e, ainda que em formato miniatura (segundo as palavras da chef Marlene Vieira “isto hoje tem de ser assim, senão vocês saem todos daqui a rebolar, mas depois no evento as doses serão maiores”), tivemos oportunidade de provar deliciosas mostras gastronómicas, cujo paladar oscilava entre os sabores salgados de uma típica posta de bacalhau e os sabores acidificados de um espadarte marinado em cura de citrinos.

Ora vejamos: para começar, um bacalhau acompanhado de um puré de citrinos, bem como umas belas Pataniscas pela Casa do Bacalhau – um dos mais conhecidos restaurantes dedicados aos pratos de bacalhau, em pleno centro da cidade e, de resto, vencedor do concurso A Melhor Patanisca de Lisboa em 2017.

Já o restaurante Ritz Four Seasons presenteou os convidados com um Polvo confit com pepino marinado, molho de shiso e puré de batata doce, assim como um Salmão curado em algas com citrinos. A chef Marlene Vieira – participante, este ano pela primeira vez, no concurso A Melhor Patanisca de Lisboa – mais uma vez não desiludiu, com uma Sapateira com guacamole, ovas de truta e crumble de toucinho (uma combinação incomum e inesperadamente de comer e chorar por mais), assim como um Camarão crocante com maionese de caril.

Quem utilizou também o camarão como base para os seus pratos foram o restaurante Porto Santa Maria e o restaurante Taberna Macau – este que, por sua vez, e fugindo aqui um pouco ao conceito tradicional nacional, apresentou uma Sopa tradicional do Macau, popularmente consumida em dias de festa, em que se come o camarão à mão e se bebe, literalmente, o molho, ou a sopa, designada de Sopa Lacassá.

Em versão mais sushi e menos peixe cozinhado, temos o chef Paulo Morais que, este ano, apresenta um Temaki com folha de capucha e recheio de vieira ou Barriga de atum com citrinos; da mesma forma, o restaurante Tágide apostou na apresentação de um prato com peixe cru, desta feita, Sashimi de espadarte rosado em cura de citrinos.

Nada atrás ficaram, ainda, o Ceviche de atum fumado com leite de tigre e frutos vermelhos, do restaurante Arola, nem o Caril do mar com achar de manga verde e chutney de banana, do Ibo Restaurante, nem tampouco a Sapateira recheada e Saladas de lagosta e de polvo do Restaurante Monte Mar.

Já ficámos com água na boca só de ler, não é?

E se as versões miniatura – pequenas amostras daquilo que se pode esperar de cada restaurante/chef – já foram suficientes para nos deixar bem saciados, nem queremos imaginar o que nos espera na versão prato cheio.

Difícil difícil é mesmo não continuar a comer, mesmo já depois de cheios! É o que acontece quando a gulodice se alia à oportunidade de provar petiscos feitos pelas mãos dos mais conceituados chefs. Mas como o evento dura 10 dias, já têm uma desculpa para ir uma vez por dia experimentar um prato diferente.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,691FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Câmara Municipal de Torres Vedras ajuda restaurantes com reembolso do valor das entregas ao domicílio

Uma campanha que decorre durante este mês de dezembro ou até ser atingido o montante global de 25.000€.

Restaurantes vão poder funcionar para takeaway nos próximos fins-de-semana e feriados após as 13h nos concelhos de maior risco

Isto no que diz respeito aos concelhos de risco “muito elevado” e “extremamente elevado” de contágio pelo novo coronavírus.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

The Medium recebe um horripilante trailer live-action antes do lançamento

Viaja entre mundos paralelos nesta pequena curta para o novo jogo de horror.

Luzzo passa a entregar pizzas de base Napolitana ao domicílio

Cujo rebordo é mais pronunciado e a massa é mais alta.

UNO celebra 50º aniversário com novo baralho de cartas premium

Sabiam que, atualmente, são vendidos 17 baralhos de cartas UNO a cada minuto?