Science4You lançou para o mercado o primeiro brinquedo do mundo sobre a COVID-19

A nova aposta da marca pretende que os mais novos aprendam sobre o mundo da imunologia e de que forma se podem proteger de vírus, fungos e bactérias, através de várias experiências e ferramentas didáticas.

Laboratório Antivírus sobre a COVID-19
- Publicidade -

Numa altura em que a Covid-19 se tornou o assunto principal do nosso dia a dia criando uma maré de perguntas e “porquês” dos mais novos, a Science4You apresenta o seu mais recente lançamento: o Laboratório Antivírus, alavancando aquela que é a sua missão primordial – aliar a diversão ao conhecimento.

Este brinquedo permite criar máscaras e viseiras de proteção, aprender a lavar corretamente as mãos com o seu próprio sabonete e criar bactérias e fungos em diferentes meios de cultura.

Ou seja, é o primeiro brinquedo do mundo sobre a COVID-19… ou pelo menos é essa a afirmação da empresa.

Esta novidade pretende que as crianças descubram, de uma forma didática e apelativa, o que é um vírus e uma bactéria e como se podem proteger, através de ferramentas que facilitam a aprendizagem. Entre as quinze experiências contempladas neste kit, é permitido aos mais pequenos que construam a sua própria viseira de proteção, aprendam como é que o vírus se dispersa e também como fazer o seu próprio sabonete e como lavar as mãos de forma correta.

Este produto, indicado para maiores de oito anos, contém ainda um livro educativo com 36 páginas. No que toca ao conteúdo do kit, estão incluídas luvas, placas de Petri, pipeta de Pasteur, copos de medição grande, tubos de ensaio com tampa, sacos zip-lock, folha de acetato, elástico, fita elástica, ataches, tecido não tecido (Dextex), gesso, autocolantes decorativos, moldes decorativos, base de sabão, molde de sabonetes, gelatina Neutra, levedura, pinça, espuma e espátula.

Este Laboratório Antivírus já pode ser adquirido na loja oficial da Science4You e em vários centros comerciais por 19,99€.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Deve-se ou não vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos contra a COVID-19?

Na ótica da Direção-Geral de Saúde, só é recomendável que se vacinem os jovens se eles tiverem comorbilidades associadas, que possam conduzir a uma doença grave ou à morte.

Centro Colombo faz testes gratuitos à COVID-19

O processo está a ser coordenado pelos profissionais de saúde da Farmácia Colombo, que comunica todos os resultados às autoridades competentes.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.

Uber junta-se à Unilabs para testes de rastreio à COVID-19 no domicílio

Essencialmente, um motorista Uber irá levar um técnico de colheitas devidamente habilitado da Unilabs ao domicílio de um cliente que tenha requisitado o serviço, com equipamento de proteção individual para a recolha da amostra.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Oeiras Parque vai ter uma instalação artística feita a partir do plástico recolhido de uma praia da zona

Através desta instalação artística, o Oeiras Parque pretende associar-se à mensagem da chamada de atenção dos riscos e comportamento humano na preservação do meio ambiente e dos oceanos.

Há uma nova cor refrescante para os comandos da Xbox

Mais um comando para juntar à coleção.

Esta app promete deixar-vos a par de todos os concertos, exposições e peças de teatro que vão acontecer em Portugal

Resta saber se consegue cumprir. Quem segue o Echo Boomer sabe que, além da área do Lifestyle, dos Videojogos e...