Santa Catarina Sushi Bar. O novo restaurante do Chiado tem tudo para conquistar

- Publicidade -

Além de sushi, há ainda tacos e ceviche, num restaurante super agradável e que vai ao encontro daquilo que os clientes procuram.

À medida que o tempo vai passando, os nossos gostos vão ficando mais exigentes, o que é perfeitamente natural. As pessoas tendem a procurar não só cada vez mais produtos de qualidade, mas, também, opções diversas, desde que haja alguma lógica. E no caso do mundo da cozinha asiática, é algo que tem muito que se lhe diga.

Hoje em dia, vários são os restaurantes que apostam em conceitos de all you can eat – uns só têm sushi, outros misturam vários pratos -, mas há sempre dois pontos que acabam por colidir nestes spots: preço e variedade. E quando se junta um preço acessível, é natural que a variedade não seja muita, ou que a qualidade acabe por deixar um bocadinho a desejar.

Ora, há um novo restaurante no Chiado que levou para a zona os sabores preferidos da cozinha asiática, ainda que, por ali, não exista o conceito de all you can eat. Pratica-se, antes, doses generosas com um preço justo. E da nossa parte só temos a dizer: ainda bem.

O nome é Santa Catarina Sushi Bar – tem nome de santa, sim, e inspira-se na proximidade que tem com o Alto de Santa Catarina, uma das setes colinas de Lisboa – e já tem feito as delícias de quem passa pela Rua do Loreto. Este é o novo projeto dos empresários da restauração Diogo Sousa Coutinho e Francisco Beirão da Veiga, proprietários da cadeia Noori – com muitos espaços em centros comerciais – que resolveram fazer um mix de cozinha asiática com pratos estrelas da América do Sul.

Assim, irão encontrar não só sushi, gunkans, tempura e gyosas, mas também tacos e ceviches. É que, apesar do nome, o Santa Catarina Sushi Bar é muito mais do que, lá está, um sushi bar.

O espaço é giríssimo, ou não tivesse uma decoração de inspiração mediterrânica em tons naturais e terracotta, balcões em tijoleira artesanal e ecológica de Santa Catarina. Vão sentir-se quase como se estivessem no terraço da casa de um amigo, rodeado de pessoas importantes na vossa vida.

O Santa Catarina Sushi Bar conta com 30 lugares sentados, o que lhe dá logo um ar mais intimista e personalizado, mas assim que se repara na sua existência, qualquer um sentir-se-à investido para lá entrar. E sim, fica o desafio mesmo que não sejam adeptos deste tipo de comida.

Quando lá fomos, o espaço ainda não estava a abarrotar – o que é normal, pois fomos cedo -, mas rapidamente começou a ficar composto. Uma coisa que é também de louvar no Santa Catarina Sushi Bar: além de todo o sabor, as opções que escolherem chegam super rápido à mesa, o que torna este spot ideal mesmo para aqueles que não dispõem de muito tempo para almoçar.

Outra coisa gira e que destaca dos demais: no interior do restaurante, irão encontrar uma espécie de folhas gigantes, e que nada destoam da decoração, que explicam sucintamente o que são vários dos pratos que por ali se servem. Por exemplo, por ali fica-se a saber – isto para quem não fizer ideia do que pedir, é claro – que uma Tempura é um clássico frito japonês, que o Niguiri é uma fatia de peixe sobre arroz ou que o Ceviche é peixe marinado em sumo de lima. Excelente pormenor.

Com um staff super atencioso e prestável, e já confortavelmente sentados, rapidamente saltámos para o menu, que ainda tem umas quantas opções, embora não seja propriamente extenso. Nota prévia: há menu de almoço disponível das 13h às 15h, basta que perguntem ao staff sobre essa opção.

Caso prefiram algo mais tradicional, saibam que, nas entradas, recomenda-se que comecem pelas Gyosas de vegetais ou de frango, para depois avançarem para o Taco Tártaro (Tártaro de atum, abacate e ovos tobiko em taco de milho crocante) e para algo que, provavelmente, nunca viram em lado nenhum, as túlipas Kimuchi. São duas unidades de massa crocante em formato de túlipa, cujo interior contém um mix de peixes temperado com especiarias japonesas e molho kimuchi. Nesta parte inicial do menu, têm ainda Peixinhos da Horta, vários tipos de tempura e, claro, caldo miso.

Seguem-se as opções de Carpaccio (Peixe Branco, Salmão ou Mix de peixes) e várias opções de sushi: makis, uramakis, nigiris, gunkans, sashimi e salmão, isto sem esquecer os combinados – tradicional, do chefe ou vegetariano – e os temakis. Caso optem por escolher várias coisas no Santa Catarina Sushi Bar, e não quiserem ficar empaturrados com tanto sushi, optem pelo Combinado do Chefe I, com 17 peças que serão mais que suficientes. Recomenda-se, também, que peçam o Carpaccio de Mix de peixes (peixes do dia variados em carpaccio, molho ponzu, cebolinho e azeite de trufa). É fabuloso.

Na última parte do menu têm também os Ceviches (Tradicional, Tropical e Oriental), três Pokes (Salmão Exótico, Tuna Spicy e Ebi) e três Pregos (Atum, Choco e Vegetariano). Não experimentámos nem os Pokes nem os pregos – tem de ficar para outra visita -, mas deitámos o dente no Ceviche Oriental (Peixe branco do dia, cebola roxa, pimenta, algas wakame, ovos ikura, coentros e molho cítrico com soja e kimuchi). Esta foi a única opção que não nos fascinou – além do peixe parecer mais adequado para uma caldeirada, o Ceviche em si tinha demasiado molho cujo sabor também não impressionou. Pode ser do nosso paladar, atenção, mas certamente que os outros dois ceviches prometem ser melhores.

O único senão no Santa Catarina Sushi Bar é que, de momento, não tem sobremesas no cardápio, embora tal deva mudar em breve.

Para acompanhar o almoço, sugere-se, por exemplo, a cerveja japonesa Kirin, a Limonada de Maracujá – que quando derem por vocês até já estão a pedir um refill – ou cocktails como o Fish Bar, à base de gin e maracujá, ou o Dori, de vodka e maçã verde.

Motivos não faltam para visitarem o Santa Catarina Sushi Bar, a funcionar de segunda a quinta-feira, das 12h às 23h, e às sextas e sábados até às 00h. Para reservas, podem fazê-lo pelo The Fork (o espaço aceita Yums, atenção) ou ligando diretamente para o 965117171.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Onde e quando assistir a O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder

A série da Amazon tem estreia marcada para dia 2 de setembro em Portugal.

Death Stranding pode estar a caminho do PC Game Pass

A nova foto de perfil da conta oficial do Xbox Game Pass para PC denuncia o inesperado.

Cartaz do Festival F está fechado

Está quase aí um dos últimos grandes festivais de verão.