Samsung Galaxy Note 10: Já se sabe praticamente tudo!

por Echo Boomer

É já a 7 de agosto que a Samsung vai apresentar ao mundo o novíssimo Samsung Galaxy Note 10. Na verdade, a marca sul-coreana irá apresentar duas variantes do smartphone: a versão base, Note 10, e a versão mais potente, Note10+.

E embora ainda faltem uns quantos dias para a apresentação oficial, o site Winfuture já disponibilizou todas as informações dos novos equipamentos, pelo que ficará, certamente, muito pouco por desvendar.

Que novidades trazem os Samsung Galaxy Note 10 e 10+?

Bom, quem acompanha o mundo dos smartphones, sabe que as principais alterações estão sempre relacionadas com processador, ecrã e câmaras, havendo, claro, outros aspetos alvos de melhoria.

Assim, a versão base, o Samsung Galaxy Note 10, virá equipado com um ecrã AMOLED Infinity-O de 6,3 polegadas e resolução de 2280×1080 pixéis, cujo orifício onde se encontra a câmara frontal, contrariamente ao que acontecia com os smartphones Galaxy S10, está localizado no topo superior central. Aqui está integrado um sensor Dual Pixel de 10MP com abertura de f/2.2, capaz de gravar vídeos em 4K.

O ecrã estará protegido por vidro Gorilla Glass 6 e terá suporte a HDR10+. Embutido no ecrã está ainda um ultra-sónico leitor de impressões digitais.

Temos ainda um processador Qualcomm Snapdragon 855+ (nova versão que estreou no ROG Phone II, da ASUS) ou um Exynos 9825 (versão europeia), 8GB de RAM, 256GB de armazenamento interno e uma bateria de 3500mAh (esperávamos mais) com suporte a carregamento rápido de 25W. Claro, o equipamento também suporta carregamento wireless, mas irá demorar bem mais tempo em relação à opção convencional.

Tal como também acontecia com o S10 e S10+, este Note 10 terá três câmaras na traseira – sensor Dual Pixel de 12MP com abertura variável de F/1.5 F/2.4, lente ultra grande angular de 16MP e abertura F/2.2 e ainda uma lente telefoto de 12MP com zoom ótico de 2x.



No que toca à versão Note 10, tem diferenças no ecrã (Infinity-O AMOLED de 6,8″ e resolução 1440×3040 pixéis), RAM (12GB), memória interna (512GB ou 1TB), câmaras (todas iguais, à exceção que esta versão tem um sensor ToF (Time of Flight) para efeitos de profundidade) e bateria (4300 mAh, bem interessante), além de que tem um carregamento rápido de 45W e um carregamento sem fios de 20W, bem superior ao suportado pela versão base.

Comum a ambas as versões são especificações como certificação IP68, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0, entrada USB-C e o uso da mais recente versão do Android. Infelizmente, não houve mesmo espaço para o jack 3.5mm nem para o suporte para cartões microSD.

De realçar ainda o facto dos novos Note 10 possuirem “Zoom Audio“, algo introduzido pela LG no velhinho LG G2, em 2013, e que, na prática, faz com que o microfone da câmara traseira consiga capturar melhores fontes de áudio.

Falta falar da S-Pen. Aqui surge evoluída, nesta versão de 2019, e a malta do Winfuture diz que, no futuro, a caneta vai suportar um sistema de controlo de gestos, fazendo com que seja possível navegar entre pelos menus dos Note 10 e Note 10+ sem, efetivamente, tocar no ecrã. A S-Pen deteta 4.096 níveis de pressão.

Quanto a disponibilidade e preços, espera-se que os novos Samsung Galaxy Note 10 e Note 10+ estejam disponíveis a partir de 23 de agosto, com preços de 999€ e 1.149€, respetivamente.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: